Secretário Nacional pede criação de conselho municipais

De todos os nove municípios, apenas Santos possui o Comad

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201322h36

O secretário Nacional Antidrogas, general Paulo Roberto Yog Miranda Uchôa foi recebido ontem pelo prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, no Paço. O secretário está visitando todas as cidades da Baixada Santista, solicitando a criação do Conselho Municipal Antidrogas (Comad). De todos os nove municípios, apenas Santos possui o Comad. O secretário encerra sua programação, na sexta-feira, em Bertioga.

“O conselho municipal antidrogas é a principal peça da engrenagem do sistema nacional antidrogas. Na cúpula desse sistema temos o Conselho Nacional, depois os conselhos estaduais e finalmente, os municipais. Como a droga está presente em todos os setores da vida, na nossa sociedade, os conselhos municipais têm como obrigação e como função a articulação de todos esses setores. O conselho municipal é importantíssimo para articular as ações antidrogas com os demais conselhos — educação, saúde, tutelar (específicos de cada área) das demais áreas não só do governo, como da sociedade”, afirmou Uchôa.   

O presidente do Comad de Santos, Eustázio Pereira, explicou que o conselho promove uma série de atividades junto às escolas, igrejas e sociedades de bairros fazendo um trabalho de orientação e prevenção, além de levantar os problemas das comunidades. Para ele será muito importante a integração com outros conselhos municipais no combate às drogas e ao álcool.

No Paço, Uchôa chamou a atenção para os dados alarmantes do número de usuários de álcool no Brasil. Pesquisa do Governo feita em domicílios em 2005 apontou 74,6% de usuários contra 68,7%, de 2001. O consumo de álcool lidera o ranking de drogas lícitas e ilícitas no país. Já no grupo na faixa de 10 a 12 anos de idade, a pesquisa revelou que 54% eram dependentes, contra 48,3%, em 2001.  A maconha, segundo Uchôa, é a primeira das drogas ilícitas mais consumida no país e a quinta no ranking, nas escolas públicas.  O secretário destacou ainda que o “Brasil é campeão mundial em consumo de solvente (cola)”. 

O secretário esteve ainda na Câmara de Santos e depois ministrou a palestra ‘Políticas Públicas sobre o álcool e outras drogas’, na Associação dos Médicos de Santos, no Gonzaga.  

Instituto

Por ocasião da visita do secretário, foi inaugurada ontem, em Santos, a primeira sede da oscip Instituto Nacional de Pesquisa sobre álcool e drogas, que terá apoio do Comad. A coordenadora Tânia Freire disse que o centro é itinerante e mudará de cidade a cada quatro anos. “O instituto vai viabilizar estudos que serão encaminhados ao Conselho Nacional Antidrogas e é voltado só para profissionais da saúde e de pesquisa”. A sede funcionará na Praça Mauá, 42, conjuntos 11/12. Mais informações pelo telefone 3219-7849.