Semam investiga origem de forte odor de gás na Área Continental de SV

Nove empresas foram vistoriadas e duas autuadas; vistorias continuam em estabelecimentos e vias públicas dos bairros

Comentar
Compartilhar
17 JUN 2021Por Da Reportagem14h03
Vistoria em São VicenteVistoria em São VicenteFoto: Divulgação/Prefeitura de SV

Nos últimos dias, moradores dos bairros Vila Emma, Parque das Bandeiras e Gleba, na Área Continental de São Vicente, têm denunciado um forte odor semelhante a gás, configurando poluição do ar naquela região.

As reclamações, embora antigas, aumentaram recentemente, motivando ações por parte da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam), que coordenou uma vistoria na última segunda-feira (14), nos períodos da manhã e noite. Os alvos foram empresas instaladas nas marginais da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, sentido Cubatão-Praia Grande.                

Além dos profissionais da Semam, também participaram da ação agentes do Pelotão Ambiental , na Guarda Civil Municipal (GCM), Corpo de Bombeiros e Cestesb. Segundo os moradores, o odor se intensifica no período noturno.

Foram vistoriadas nove empresas, sendo que quatro delas têm possibilidade de ser enquadradas como ‘potenciais poluidoras’. Contudo, durante a vistoria, não foi constatado cheiro forte nas empresas e nos bairros.

Duas empresas foram autuadas por outras irregularidades. Uma delas foi intimada a providenciar adequações no sistema de drenagem, canaletas e limpeza da caixa SAO (Sistema Separador de Água e Óleo), sob pena de multa. A outra foi intimada a requerer licença ambiental municipal, conforme Lei Complementar n. 582/06, sob pena de autuação.

A Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam) continua com as investigações para descobrir a origem dos odores e os responsáveis, para que as devidas penalidades sejam aplicadas.