Sebrae debate o perfil de turistas

A programação do evento contará com palestras, entre outras atrações que levarão os empresários a obterem conhecimento sobre as oportunidades que o mundial de futebol trará

Comentar
Compartilhar
21 NOV 201310h05

Quais são as oportunidades de negócios e qual o perfil dos turistas brasileiros e estrangeiros que podem visitar as cidades da Costa da Mata Atlântica durante o mundial de 2014? Estas perguntas serão respondidas no evento ‘Sebrae 2014 – O perfil dos turistas’, que acontecerá hoje, das 14h30 às 19h30, no Delphin Hotel (Av. Miguel Stéfano, 1295, Praia da Enseada), em Guarujá.

A programação do evento contará com palestras, entre outras atrações que levarão os empresários a obterem conhecimento sobre as oportunidades que o mundial de futebol trará, além de ser uma grande oportunidade de troca de experiências e a promoção de networking.

“A Copa de 2014 é uma grande oportunidade para qualificarmos ainda mais os serviços na Costa da Mata Atlântica. É importante que nossos empresários aproveitem iniciativas como esta que são úteis não apenas para o período do megaevento, mas para a continuidade de seus negócios, afinal o turista gosta de ser bem atendido em qualquer período do ano”, afirma presidente do Santos e Região Convention & Visitors Bureau, Alex Mendes.

“Santos e Guarujá são subsedes e tem chances de hospedar duas seleções mundiais, uma em cada cidade, o que durante o torneio abre uma série de oportunidades para as empresas da Baixada Santista, desde hospedagem, alimentação fora do lar, entretenimento, os mais variados serviços, além do comércio. O Sebrae-SP quer passar o máximo de informações para que este momento seja especial e enriquecedor para todas as empresas dos segmentos”, ressalta o gerente regional do Sebrae-SP na Baixada Santista, Paulo Sergio Brito Franzosi.

  O perfil do turista brasileiro e estrangeiro é o tema do encontro que será realizado hoje, no Delphin Hotel (Foto: Matheus Tagé/DL)

O evento é gratuito e dirigido às micro e pequenas empresas (MPEs) e microempreendedores individuais (MEIs) dos segmentos de turismo, comércio, serviços e indústria da Baixada Santista. As vagas são limitadas. Cada empresa pode inscrever dois representantes.