SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

São Vicente arrecada 78 toneladas de alimentos para a Ação do Coração

Mantimentos foram recebidos pelo Fundo Social de Solidariedade e pelo projeto Gotinhas Solidárias

Comentar
Compartilhar
21 JUL 2020Por Da Reportagem22h04
Por conta da pandemia, desta vez, a campanha será virtualFoto: Arquivo/PMSV

Como nos últimos anos, São Vicente participa da Ação do Coração, iniciativa já tradicional, que leva, por meio de corações, amor e carinho às pessoas. Aliás, esses dois sentimentos foram fundamentais para que a Cidade já alcançasse um feito para a campanha. O Fundo Social de Solidariedade (FSS-SV) conseguiu arrecadar 70 toneladas de alimentos não perecíveis, enquanto o projeto Gotinhas Solidárias, da Associação Amigos da Vila Valença (AAVV), foi responsável por conseguir mais oito.

“Um dos motivos para conseguirmos atingir este número foi a pandemia (do novo coronavírus), que fez as pessoas doarem e se envolverem mais”, disse Clarice Carmo, embaixadora da Ação do Coração na Cidade.

A presidente do FSS-SV, Paula Gouvêa, ressalta o envolvimento dos vicentinos na ação. “É importante que o Município esteja unido com este movimento. Além de toda a expectativa para o evento, existe sempre uma vontade enorme de desejar o bem”.

Adaptação

Normalmente, os corações de diversas cores e tamanhos são distribuídos em praça pública, reunindo milhares de pessoas. Porém, por conta da pandemia, desta vez, a campanha será virtual, por meio de um aplicativo que leva o nome do projeto, que chega a sua nona edição.

O aplicativo permite que corações virtuais sejam confeccionados e compartilhados através das redes sociais. O “app”, que foi desenvolvido pelo voluntário Igor Ponce, pode ser baixado gratuitamente para celulares com sistema operacional Android e IOS.

“É um movimento de amor, e não poderíamos parar quando mais as pessoas estão precisando. Estamos vivendo um momento particular em que é necessário permanecermos unidos e conectados. Quando pensei isso, veio a ideia do aplicativo”, explicou Alexandre Camilo, fundador da Associação Eduardo Furkini, que é responsável pela campanha.

O aplicativo tem outra função além da confecção e do compartilhamento dos corações. Ele oferece a opção de realizar a doação de 1 quilo de alimento, cujo preço fixado no “app” é de R$3,00, ou de uma cesta básica com 11 itens, no valor de R$35,00.