São Vicente anuncia medidas de flexibilização a partir deste domingo

Confira os horários permitidos de acordo com o tipo de atividade comercial

Comentar
Compartilhar
17 ABR 2021Por Da Reportagem19h00
O comércio de rua poderá funcionar diariamente das 10 às 18 horasO comércio de rua poderá funcionar diariamente das 10 às 18 horasFoto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

O prefeito Kayo Amado anunciou na tarde deste sábado (17) novas medidas para o funcionamento de comércios e demais atividades. As regras estão no Decreto 5518-A e passam a valer neste domingo (18), em conformidade com a Fase de Transição do Plano São Paulo de combate à Covid-19.  “Pedimos a colaboração de todos. Não tem nada que a administração pública possa fazer sem que cada um contribua com a sua parte”, ressaltou Kayo Amado.

O foco continua o de seguir todos os protocolos sanitários e evitar aglomerações. Cada atividade deve ficar atenta às determinações especificadas em quatro anexos.

 Assim, o comércio de rua poderá funcionar diariamente das 10 às 18 horas. Bares, restaurantes e quiosques estão autorizados a atender das 10 às 19 horas, com 25% da capacidade.

Confira demais atividades:

- Academias e hidroginástica - sem restrições de horário, mas com limitação de 25% da capacidade e 50% do uso de equipamentos.

- Condomínios – espaços comuns de áreas de lazer podem funcionar com agendamento e sem aglomeração.

- Igrejas - podem realizar cultos com, no máximo, 30% da capacidade.

- Ambulantes – podem atuar das 10 às 18h, mas sem montagem de barraca, tendas ou cadeiras.

- Praias – autorizadas apenas atividades físicas individuais.

- Shopping – abre ao público das 11 às 19 horas.

- Supermercados - sem restrições de horário, mas é recomendável reservar o horário das 6 às 9 horas para atendimento preferencial a idosos, gestantes e pessoas com deficiência.

- Das 20h às 5 horas, orienta-se que não se circule nas ruas, exceto em situações de extrema necessidade.

Cuidados - Apesar da flexibilização, Kayo Amado destacou a necessidade de manter todos os cuidados necessários, com uso de máscara ainda obrigatório, distanciamento entre as pessoas e higienização com sabão e álcool em gel. “Saltamos em três meses de 19 para 47 leitos nas unidades de saúde, mas ainda não é suficiente. O momento é difícil e estamos aqui para buscar alternativas”, afirmou, lembrando que a imunização é o único caminho para vencer a covid-19. “São Vicente é o 18º município que mais aplica vacinas no Estado. Foram mais de 64 mil doses aplicadas até o momento”.