X

Cotidiano

São Paulo registra menor temperatura do ano

Segundo os meteorologistas do Inmet, a intensa massa de ar frio, de origem subpolar, é responsável pela brusca queda de temperatura nos últimos dias

Folhapress

Publicado em 13/07/2018 às 13:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

De acordo com as previsões, a tendência é de elevação gradativa nas temperaturas até a próxima terça-feira (17) / Agência Brasil

A capital paulista registrou nesta sexta (13) a menor temperatura do ano. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), por volta das 6h da manhã, os termômetros assinalavam 9,1º C no Mirante de Santana, na zona norte da cidade, abaixo dos 9,3º C do dia 21 de maio. Ainda assim, em áreas menos urbanizadas da zona sul, as menores temperaturas de 2018 foram registradas nesta quinta (12), com 7,9º C, também mais baixo do que em 21 de maio. As informações são da Agência Brasil.

Segundo os meteorologistas do Inmet, a intensa massa de ar frio, de origem subpolar, é responsável pela brusca queda de temperatura nos últimos dias. Essa massa de ar frio chegou antes da frente fria.
"Nos próximos dias, o tempo permanece firme, mas com alguma variação de nebulosidade. As condições de baixa umidade relativa do ar se agravam progressivamente. A estabilidade atmosférica também favorece a formação de névoa seca, que priora a qualidade do ar", disseram meteorologistas.

De acordo com as previsões, a tendência é de elevação gradativa nas temperaturas até a próxima terça-feira (17).

TERMÔMETROS OSCILAM

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da Prefeitura de São Paulo, a sexta-feira começou gelada com variação de nebulosidade, formação de neblina e termômetros oscilando em torno dos 9º C na capital paulista, mas nas estações meteorológicas na Capela do Socorro e em Perus foram registradas as menores temperaturas: 5,3º C e 5,8º C. Entretanto, no decorrer do dia o predomínio de sol diminui a sensação de frio e eleva a temperatura que deve chegar aos 22º C.

De acordo com o centro, a umidade relativa do ar entra em declínio e deve atingir valores próximos aos 30% nas horas mais quentes. No final da tarde as temperaturas entram em declínio e a nebulosidade volta a aumentar. Não há previsão de chuva para a cidade.

Para os próximos dias o CGE prevê que a massa de ar polar perca a força e eleve gradativamente a temperatura, mantendo o tempo seco e ensolarado e reforçando os problemas com a qualidade do ar e os baixos índices de umidade.

O fim de semana segue com sol e temperaturas em elevação, com máximas entre 25º C e 27º C. As madrugadas de sábado e domingo devem continuar frias, com mínimas em torno de 10º C e 12º C.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Tarcísio diz que quem confrontar PM na Baixada Santista 'vai se dar mal'

Ele disse que governo "não quer o confronto", mas garantiu que a polícia está preparada para enfrentar os criminosos

EVENTO CULTURAL

Santos recebe exposição que celebra os 150 anos da imigração italiana

Para uma imersão completa na cultura italiana, uma programação com diversas apresentações

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter