Cotidiano

São Paulo na palma da mão: aplicativo previne usuários de imprevistos e zonas de risco

Nova tecnologia funciona de modo colaborativo e aponta os melhores percursos e ocorrências pela cidade

Luana Fernandes

Publicado em 15/09/2022 às 18:56

Compartilhe:

A ferramenta notificou mais de dez mil pessoas da capital paulista no feriado de 7 de setembro / Joe Silva/Gazeta de S. Paulo

Andar por São Paulo, seja a pé, de carro ou transporte público, tem sido uma tarefa cada vez mais difícil quando o assunto é mobilidade e segurança. Com o aumento de ocorrências relacionadas a trânsito, assaltos e acidentes pela cidade, se locomover, seja a trabalho ou a lazer, requer cada vez mais cuidados e atenção.

Por meio de um aplicativo gratuito, a startup Civi - empresa pioneira em informação na área de segurança, emite informações e alertas de segurança para moradores de bairro, notificando seus usuários sobre eventos que acontecem no entorno, como crimes, incêndios, acidentes, alagamentos, obras, manifestações, maus tratos de animais, entre outras ocorrências.

A ferramenta notificou mais de dez mil pessoas da capital paulista no feriado de 7 de setembro, que foram beneficiadas pelas informações enviadas pelo aplicativo. Os avisos emitidos no feriado alertaram sobre as áreas que receberam manifestações e eventos, permitindo que os usuários evitassem regiões e ruas com aglomeração, bloqueios e congestionamentos.

"Transitar por uma metrópole envolve duas questões que estão se tornando prioridade na vida do paulistano: segurança e mobilidade. Ter ferramentas que ajudem nessa rotina é cada vez mais necessário. Com o aumento de ocorrências relacionadas ao trânsito, a assaltos e acidentes, se locomover, seja a trabalho ou a lazer, requer cuidados", comenta Felipe Stanquevisch, CEO da Civi.

O trânsito de São Paulo é um dos mais movimentados do mundo e registra pelo menos duas mortes por dia, de acordo com o Infosiga-SP - Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito. A violência urbana também é uma preocupação dos moradores. O primeiro trimestre deste ano registrou uma alta de 28,5% nos furtos, em relação aos três primeiros meses de 2021, segundo dados do governo.

Para Felipe, aplicativos como o da Civi podem fazer a diferença na rotina das pessoas, com destaque para algumas soluções:  

Uma das funcionalidades do app está ligada diretamente à segurança, com o alerta de assaltos e roubos. Com esse tipo de informação em mãos, os usuários podem evitar as áreas notificadas e reportar as ocorrências para outros moradores.
 
Trânsito, acidentes, incêndios e manifestações também podem ser acompanhados pelo aplicativo, que recebe registros de congestionamentos e ocorrências que possam atrapalhar a locomoção na cidade. As informações, em tempo real, permitem que o usuário evite vias com problemas.
 
Quedas de árvores, alagamentos e outros transtornos causados por mudanças climáticas também podem ser acompanhados e evitados com as notificações do aplicativo.
 
Obras, previsão do tempo, interrupção de fornecimento de energia elétrica e interdições de ruas e avenidas são outros tipos de eventos alertados.

"Recebemos cerca de 20 mil registros por mês. Nossa base atualmente conta com 125 mil usuários cadastrados, o que mostra que a ferramenta está sendo bem aceita e utilizada pela população e que o nosso objetivo está sendo alcançado: fazer com que cada usuário seja também um colaborador ao registrar suas ocorrências e contribuir com a formação de um senso de comunidade", finaliza Felipe.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Itanhaém

Homem é preso com drogas e arma em adega em Itanhaém

Ocorrência aconteceu na madrugada de terça-feira (23)

Cotidiano

A estrada é só sua! Sistema Anchieta-Imigrantes tem normalidade

Tempo é considerado encoberto e a visibilidade é parcial

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter