Santos terá reforço de segurança na temporada de verão

Santos está entre os municípios do litoral paulista a serem beneficiados com a retaguarda de 2.748 policiais militares e civis.

Comentar
Compartilhar
22 DEZ 201211h07

Para garantir o bem-estar de munícipes e visitantes, a cidade contará com o reforço de policiais militares, civis e de guarda-vidas, além de novas viaturas e três helicópteros, que vão atuar em todo o litoral sul. A estrutura da Operação Verão 2012-2013, que começa no próximo dia 28, foi anunciada nesta sexta-feira (21) pelo governador Geraldo Alckmin, na praia do José Menino, com a presença de diversas autoridades.

Santos está entre os municípios do litoral paulista a serem beneficiados com a retaguarda de 2.748 policiais militares e civis durante a temporada. A ação inclui ainda outros 319 policiais de comandos especializados do Corpo de Bombeiros, Policiamento de Choque, polícias rodoviária e ambiental, radiopatrulha aérea e corregedoria. Formados durante o lançamento da operação, 415 guarda-vidas temporários integrarão o Grupamento de Bombeiros Marítimo.

Durante a cerimônia foi ainda oficializada a entrega de 148 novas viaturas para a Baixada Santista e Vale do Ribeira e inaugurados o Centro de Controle Operacional (CCO) e o novo sistema integrado de monitoramento eletrônico das travessias litorâneas. Construído no Guarujá, o CCO e o novo sistema permitem o monitoramento em tempo real das balsas e filas por meio de câmeras on-line instaladas nas ruas e avenidas de acesso às embarcações.

Homenagem

Alckmin e o comandante do Corpo de Bombeiros do Estado, Reginaldo Campos Repulho, entregaram placa ao prefeito João Paulo Tavares Papa, que representou os prefeitos da Baixada Santista. “A vida pública nos dá oportunidade de servir à população, e Papa fez um grande trabalho à frente da prefeitura de Santos nos últimos oito anos”.

A Operação Verão do governo estadual se somará à Operação Verão com Segurança, que a prefeitura iniciou no último dia 9. Estão atuando exclusivamente na orla 108 guardas municipais e 140 guardiões-cidadãos. Os demais serão distribuídos em outros pontos da cidade, com ênfase para o Centro Histórico, onde também há grande fluxo de pessoas.

A corporação municipal usa dez viaturas, uma delas com câmera móvel; cinco motos, dez bicicletas, além de 36 pistolas taser, (armas de eletrochoque não letais).

Uma base operacional para a GM e PM funciona na antiga ilha de conveniência (praça Paulo Viriato Corrêa da Costa), no Boqueirão. Outra medida: 16 integrantes do programa ‘Salva surf’/Guardião Cidadão estarão à disposição do Corpo de Bombeiros, além de mais 26 guarda-vidas fixos e 20 temporários.

A Operação Verão com Segurança tem apoio da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), Corpo de Bombeiros e polícias militar e civil, além das secretarias de Esporte, Turismo e Meio Ambiente.

Santos está entre os municípios do litoral paulista a serem beneficiados com a retaguarda de 2.748 policiais na temporada (Foto: Divulgação)
VLT


Durante o lançamento da Operação Verão, o governador assinou a ordem de serviço para a compra do primeiro Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) da Baixada Santista. Paralelamente será lançado o edital para as obras físicas que envolvem o VLT. A previsão é de que a operação tenha início em maio de 2014, no trecho de 11 km entre o terminal de Barreiros, em São Vicente, e o Porto, em Santos.

Defensor do projeto, Papa disse que a implantação do VLT trará um novo salto de desenvolvimento à cidade e região, a exemplo do que representou o projeto urbanístico e os canais para Santos no início do século passado. “É uma obra transformadora, que induzirá mais desenvolvimento social e econômico”.