Santos registra 123 denúncias de violência contra idosos

Só este ano, o Conselho Municipal do Idoso de Santos registrou 123 casos de maus tratos contra idosos

Comentar
Compartilhar
24 FEV 201319h54

O Dia Internacional do Idoso foi celebrado ontem, porém as pessoas com mais de 60 anos de idade ainda estão entre as principais vítimas da violência. Só este ano, o Conselho Municipal do Idoso de Santos registrou 123 casos de maus tratos contra idosos. “A maioria dos casos de violência ocorrem dentro da própria casa e é cometida pelos filhos ou netos alcoolizados, drogados ou com problemas mentais. Outras denúncias são de negligência aos que estão doentes e dependem da ajuda de outras pessoas. Mas a pior agressão sofrida ainda é a psicológica”, disse a presidente do Conselho Gisela Ione dos Santos.

Segundo Gisela, outros problemas enfrentados pela população idosa na Cidade são a falta de alguns medicamentos na rede pública de saúde e dificuldades no transporte coletivo. “Os degraus ainda são muito altos para os idosos e alguns motoristas não param os ônibus quando eles acenam. Dentro dos ônibus, passageiros mais jovens sentam nas cadeiras reservadas para eles”.

Esses problemas foram levantados nas pré-conferências do Conselho e serão debatidos na VI Conferência Municipal do Idoso, a ser realizada no próximo dia 18, a partir das 13 horas, no SESC-Santos, conforme adiantou Gisela. O tema central do encontro será a violência. Denúncias de maus tratos podem ser feitas pelos telefones 3261-5508 e 3261-5129 ou na sede do Conselho, à Rua Rei Alberto I, 117, na Ponta da Praia.

IDEC

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor lançou ontem, uma cartilha com orientações sobre os direitos dos idosos nas relações de consumo. A cartilha pode ser consultada no site www.idec.org.br.