Santos não teve mortes no trânsito em abril

O índice zero de letalidade coincide com a vigência do isolamento social

Comentar
Compartilhar
28 MAI 2020Por Da Reportagem18h02
O encerramento de um mês sem óbitos também reflete o histórico de queda contínuaFoto: Divulgação/PMS

O trânsito de Santos não fez nenhuma vítima fatal em abril, conforme o balanço mensal divulgado pelo Infosiga, sistema de mapeamento do governo estadual. O índice zero de letalidade coincide com a vigência do isolamento social, uma das medidas adotadas pela Prefeitura para conter a propagação da covid-19, que levou à redução da frota circulante diariamente em ruas e avenidas.

Nesse cenário, a preservação de vidas no trânsito ganha dimensão ainda maior, já que disponibiliza os recursos médicos e hospitalares para o atendimento aos pacientes infectados pelo coronavírus.

O encerramento de um mês sem óbitos também reflete o histórico de queda contínua. Os dados do Infosiga mostram que, entre 2015 e o ano passado, o Município conseguiu reduzir em 48%  a mortalidade (de 52 para 27 óbitos) no trânsito.

Investimentos e ações

Os investimentos da Prefeitura em obras e serviços, bem como as ações educativas, de fiscalização e de engenharia de tráfego implementadas e desenvolvidas pela Companhia de Engenharia de Tráfego, têm refletido diretamente para um trânsito cada vez mais seguro na Cidade.

Para a renovação da infraestrutura urbana, a Administração Municipal mantém programa de reurbanização de vias, que são contempladas com obras de pavimentação, drenagem, guias, sarjetas, calçadas com novo padrão e outras melhorias. Entre 2013 e novembro de 2019, o programa de reurbanização totalizou 128km de asfalto novo em 286 vias. O montante injetado somou R$ 88,1 milhões.

As melhorias urbanas incluem a revitalização da sinalização de trânsito em ruas e avenidas, com investimento já superior a R$ 10 milhões, recursos próprios da Prefeitura, do programa Respeito à Vida e contrapartida de empreendimentos.