Santos já higienizou mais de 4,1 mil km de ruas contra o novo coronavírus

A limpeza é feita com água, detergente e desinfetante à base de amônia quaternária, aplicados a partir de caminhões hidrojato ou pipa

Comentar
Compartilhar
11 AGO 2020Por Da Reportagem21h07
Na quinta (13), os trabalhos iniciam no Morro do Saboó.Foto: Divulgação/PMS

O trabalho de higienização das vias públicas de Santos para prevenir a covid-19 não para. Desde 23 de março, mais de 4.100 quilômetros vias públicas já foram contemplados com a limpeza, o suficiente para ir e voltar de Salvador-BA (a distância entre as cidades é de 2.046km).

A limpeza é feita com água, detergente e desinfetante à base de amônia quaternária, aplicados a partir de caminhões hidrojato ou pipa. Nesta terça-feira (11), os bairros Macuco e Areia Branca começaram a receber a higienização, que continuará nesta quarta, concentrada em locais de grande circulação de pessoas, bem como os que estão próximos a pontos de ônibus e unidades de saúde.

Na quinta (13), os trabalhos iniciam no Morro do Saboó. A limpeza é realizada com recorrência e há bairros que já passaram por até seis lavagens.

Seis equipes da empresa contratada Terracom atuam no serviço: três durante o dia e três à noite. Os trabalhos, supervisionados pela Secretaria de Serviços Públicos (Seserp), tornaram-se ainda mais importantes após a flexibilização do distanciamento social.

"Quanto mais pessoas circulando nas ruas, mais intensificado tem que ser o trabalho de desinfecção, como forma de diminuir a propagação do vírus e, consequentemente, o contágio da covid-19", destaca Marco Aurélio Silva, engenheiro agrônomo da Seserp.