Santos inicia campanha antirrábica no dia 1º de agosto

A Cidade tem população estimada em mais de 40 mil cães e gatos e a meta é vacinar pelo menos 80% deste público

Comentar
Compartilhar
22 JUL 2017Por Da Reportagem18h00
A imunização ocorrerá de segunda a sexta, das 9h às 16hFoto: Divulgação/PMS

A campanha de vacinação contra a raiva em Santos começa dia 1° de agosto e seguirá até 30 de setembro. A Cidade tem população estimada em mais de 40 mil cães e gatos e a meta é vacinar pelo menos 80% deste público, ou seja, cerca de 32 mil animais.

A imunização ocorrerá de segunda a sexta, das 9h às 16h, na Seção de Vigilância e Controle de Zoonoses (Avenida Pinheiro Machado, 580, Marapé). Também haverá postos volantes de terça a quinta em todas as regiões, incluindo Área Continental a partir da segunda quinzena de agosto, e em alguns sábados.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, podem ser vacinados cães e gatos a partir dos três meses de idade. A dose injetável é única, exceto para os animais que tomarem a vacina pela primeira vez, cuja segunda dose deverá ser aplicada após trinta dias. Se o dono do cão ou gato tiver, deve apresentar a carteira de vacinação do animal. No ano passado, a Cidade atingiu a meta de cobertura e vacinou 45.305 animais (86% do total), sendo 26.701 cães e 8.604 gatos.

Doença

A raiva acomete os mamíferos em geral. É causada por um vírus da família Rhabdoviridae, e pode ser transmitida aos humanos através da mordedura, arranhadura ou lambedura dos animais contaminados. É uma doença infecciosa aguda que compromete o sistema nervoso central e leva a morte na maioria dos casos. Há mais de 40 anos não há registros da doença entre moradores de Santos.

“Por isso é muito importante que os munícipes vacinem seus cães e gatos, para garantirmos que a raiva não adentre ao nosso território”, destaca a chefe do Departamento de Vigilância, Ana Paula Valeiras.