X
Cotidiano

Santos deverá implantar sistema eletrônico de vagas

A proposta é que o serviço seja totalmente digital, operado por meio de um ­aplicativo

O pagamento deverá ser feito a partir do aplicativo de celular / Rodrigo Montaldi/DL

A CET de Santos deverá publicar nos próximos dias uma licitação para remodelar o sistema de vendas de talões de estacionamento na zona azul da cidade. A proposta é que o serviço seja totalmente digital, operado por meio de um ­aplicativo.

“Devemos publicar a licitação ainda em março e a ideia central é garantir a ­rotatividade ordenada nas vagas de estacionamento nas ruas de Santos, além de inibir a ação de flanelinhas”, destaca o presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Rogério Vilani.

O pagamento deverá ser feito a partir do aplicativo de celular, onde o usuário poderá selecionar o período que pretende permanecer no local e o aplicativo automaticamente calculará o valor a ser cobrado.

“A cidade passou a dar mais importância à mobilidade urbana, estimulando o uso do transporte coletivo (melhorando a frota, criando faixas de ônibus, ­desenvolvendo aplicativo para prever a chegada dos ônibus nos pontos), usando tecnologia para reduzir congestionamentos (semáforos em tempo real, câmeras de monitoramento). Além disso, foram criadas rotas de fluidez, restringindo o estacionamento em horários mais críticos, como o final da tarde. Esse novo formato de estacionamento garantirá mais rotatividade e mais vagas serão compartilhadas por mais pessoas”, afirma ­Vilani.

A mudança no estacionamento da cidade foi aprovada na Câmara no final do ano passado. Na ocasião, o ­vereador Chico Nogueira (PT) se mostrou preocupado com a falta de garantia de emprego para os 550 ­funcionários da Companhia de Engenharia de Tráfego após a alteração no ­sistema.

“O Legislativo está submetido a uma contradição, na medida em que o governo municipal solicitou simultaneamente a aprovação de um aumento de R$ 22 ­milhões no ­orçamento da CET e autorização para privatizar a Zona Azul que, em tese, é a fonte de renda complementar da companhia”, ­enfatizou.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Encosta de morro santista recebe cortina de concreto para contenção

O Morro do Fontana, em Santos, está passando por obras de contenção, para sanar os problemas provocados pelo deslizamento de terra durante as fortes chuvas do ano passado

Polícia

Receita Federal faz cinco apreensões de cocaína em menos de 48 horas no Porto de Santos

As apreensões totalizaram 681 kg e ocorreram nos dias 25 e 26 de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software