Santos abrirá 17 policlínicas no sábado para vacinar crianças contra sarampo

É preciso levar documento de identidade com foto ou certidão de nascimento, cartão SUS e carteira de vacinação, para verificar a necessidade de tomar a vacina

Comentar
Compartilhar
17 OUT 2019Por Da Reportagem19h30
Já foram vacinadas em Santos 2.038 crianças de seis meses a menores de um anoFoto: Divulgação/PMS

O Dia D de vacinação contra o sarampo será neste sábado (19). A Prefeitura vai abrir 17 policlínicas, das 9h às 16h, para imunizar crianças de seis meses a menores de cinco anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias). 

Ao todo, há em Santos 19.678 crianças na faixa etária e a campanha seletiva, parceria entre o Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde e municípios, visa vacinar somente as crianças com doses faltantes.

É preciso levar documento de identidade com foto ou certidão de nascimento, cartão SUS e carteira de vacinação, para verificar a necessidade de tomar a vacina. As crianças de seis meses a menores de um ano (até 11 meses e 29 dias) que não estão protegidas devem tomar a dose Zero, que não é contabilizada no calendário vacinal.

Desde 12 de agosto deste ano – após início de campanha para conter o avanço da doença - já foram vacinadas em Santos 2.038 crianças de seis meses a menores de um ano (85% do total previsto), restando 227  para se atingir a meta de cobertura de 95% (2.264). E, desde o início da campanha seletiva, em 7 de outubro, 1.043 de seis meses até 4 anos foram levadas às unidades de saúde do Município, sendo que deste total 458 precisaram receber a dose por não terem o esquema vacinal completo.

"Os pais que estiverem com dúvidas se os filhos precisam ou não tomar a vacina devem aproveitar a oportunidade e a comodidade da abertura de 17 policlínicas neste sábado. Nas unidades, eles terão toda a orientação e aquelas crianças que precisarem sairão vacinadas", explica a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde (Devig), Ana Paula Valeiras. A vacinação também seguirá de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, em 29 policlínicas.

Casos

Santos contabiliza 28 casos de sarampo entre residentes de Santos e 81 casos suspeitos estão em investigação aguardando resultados do Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência do governo estadual. Do total de casos confirmados, oito deles ocorreram em crianças dentro da faixa etária da campanha de vacinação seletiva, sendo um bebê de oito meses de vida, dois bebês de 10 meses, um bebê de 11 meses, duas de um ano e duas de dois anos.

O Calendário Nacional de Vacinação prevê a aplicação da tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) aos 12 meses de vida e o reforço aos 15 meses com a aplicação da vacina tetraviral, que inclui a proteção contra varicela (catapora).

No ano passado, 4.299 crianças de um ano de idade tomaram a vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola) – 95,19% do público-alvo (4.516 crianças). A meta mínima de cobertura é de 95%. Em 2019, já foram aplicadas 3.754 doses da vacina em crianças de um ano, diante da população de 4.768 crianças, o que representa cobertura parcial de 78,73%.

Endereços das unidades (Dia D)

Aparecida - Av. Pedro Lessa, 1.728

Campo Grande - Rua Carvalho de Mendonça, 607

Embaré - Praça Coronel Fernando Prestes s/nº

Gonzaga - Rua Assis Correia, 17

José Menino / Pompeia - Avenida Floriano Peixoto, 201

Ponta da Praia - Praça 1º de Maio s/nº

Conselheiro Nébias - Av. Conselheiro Nébias, 514 – Encruzilhada

Vila Mathias - Rua Xavier Pinheiro, 284 – Encruzilhada

Caruara – Rua Andrade Soares s/n°

Alemoa e Chico de Paula - Praça Guilherme Délius s/nº - Alemoa

Bom Retiro - Rua João Fraccaroli s/nº

Rádio Clube - Avenida Hugo Maia s/nº

São Manoel - Praça Nicolau Geraigire s/nº - São Manoel

Marapé - Rua São Judas Tadeu, 115

Nova Cintra - Rua José Ozéas Barbosa s/nº

São Bento - Rua das Pedras s/nº

Valongo - Rua Prof. Maria Neusa Cunha s/nº - Saboó