Santa Cruz dos Navegantes vai receber quatro profissionais do “Mais Médicos”

A população elegeu a política de Saúde como prioridade de 2015

Comentar
Compartilhar
03 SET 201416h46

Fazer valer o sentido de democracia e colocar em votação as necessidades de cada região da Cidade é o objetivo das audiências públicas do Orçamento Participativo. Realizados pela Prefeitura de Guarujá, os encontros visam que a população escolha suas prioridades para o orçamento público do próximo ano.

Na noite de terça-feira (2), a comunidade de Santa Cruz dos Navegantes votou na política de Saúde como prioridade de 2015. No entanto, não foi necessário esperar até o próximo ano para já obter uma conquista. Na oportunidade, o secretário municipal de Saúde, Daniel Simões, anunciou aos moradores que já estava programado que o bairro vai ser contemplado, em breve, com quatro profissionais do programa “Mais Médicos”, dos 49 que a Cidade recebeu.

Eles irão atuar na Unidade de Saúde da Família (Usafa) do bairro, próprio público que foi reformado pela Prefeitura para melhor atender a população. “A prefeita Antonieta conquistou o maior número de profissionais do 'Mais Médicos' da Baixada e quatro virão aqui para atender de forma humanizada a população de Santa Cruz dos Navegantes. Temos informações de todo o serviço que é realizado e conhecemos cada necessidade. Aos poucos vamos avançando, mas em caso de qualquer problema a população deve procurar a Ouvidoria Geral do Município e denunciar”, pontuou o secretário.

Daniel destacou ainda que o Governo Municipal ampliou a Atenção Básica na rede de Saúde, mudando o conceito de atendimento, passando a ter como foco a prevenção e não a urgência e emergência. “Nós ampliamos a quantidade de Unidades de Saúde da Família (Usafas) e suas equipes. Em 2009, tínhamos uma cobertura de apenas 6% de Saúde da Família em Guarujá. Já neste ano, temos 36% e em 2015 vamos chegar a 50%”, destacou o secretário de Saúde.

Devido à alta quantidade de cães e gatos abandonados no bairro, o titular da pasta de Saúde se comprometeu a realizar um mutirão de castração de animais no local. A informação agradou a dona de casa Maria Aparecida dos Santos Costa, que mora em Santa Cruz desde que nasceu e milita pela causa do bem-estar animal. “Acho importante a Prefeitura ouvir as reivindicações do bairro. Sempre participo destes eventos e cobro porque tem muitos animais abandonados. Vamos esperar este mutirão de castração no bairro. Foi uma das coisas que coloquei no papel”, disse a moradora.