X
Cotidiano

Ruas seguem esburacadas sem previsão de manutenção em SV

Área Continental. Desde outubro, o Diário do Litoral acompanha o drama dos motoristas em algumas vias

No final da Avenida Quarentenário, no Jardim Rio Branco, o principal acesso ao bairro Samaritá está praticamente intransitável; ocorrências no local são constantes / Rodrigo Montaldi/DL

O ano mudou, mas os buracos em São Vicente permanecem os mesmos. Desde outubro do ano passado, o Diário do Litoral acompanha o drama dos motoristas que utilizam as vias da Área Continental, em especial a Avenida Angelina Pretti da Silva e as ruas que dão acesso ao bairro Samaritá. Até agora, mesmo depois de diversas ocorrências de avarias em veículos e de acidentes, nenhuma providência foi tomada. 

Na Avenida Angelina Pretti, o problema se concentra logo após a Ponte dos Barreiros, no sentido Área Continental. Recentemente a Prefeitura tapou um dos buracos, mas outras duas crateras se abriram e os motoristas continuam tendo problemas no local, principalmente à noite quando há pouca iluminação. Com os veículos avariados, eles param na via à espera de socorro. 

No final da Avenida Quarentenário, próximo ao início da Avenida Ulisses Guimarães, no Jardim Rio Branco, a sequência de buracos já provocou acidentes. Os moradores tentam amenizar o problema depositando cascalhos nas depressões, que estão cada vez mais profundas. Sem manutenção, em breve a passagem de veículos não será mais possível. Esse é o principal acesso ao bairro ­Samaritá.

Logo mais à frente, na Avenida Jequié, já no Samaritá, em um trecho logo após ‘as casinhas’, a situação é a mesma. Pequenos e grandes buracos se misturam e os motoristas trafegam em zig-zag pela via de mão dupla. A situação piora com a chuva, que deixa o local alagado e dificulta a visibilidade.  

Na manhã da última segunda-feira (16), um ônibus metropolitano atolou em um buraco localizado na Rua 13, na Vila Matias, também na Área Continental. O veículo foi retirado por um guincho da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). 

Providências

A primeira reportagem elaborada pelo Diário do Litoral sobre os buracos nas vias que dão acesso ao bairro Samaritá foi publicada no dia 14 de outubro do ano passado. Na oportunidade, a Prefeitura de São Vicente informou que o serviço de tapa-buraco estava em licitação e que em novembro seria normalizado. 

No dia 29 de novembro, o Diário do Litoral novamente abordou os buracos das vias da Área Continental.

Dessa vez os localizados no início da Avenida Angelina Pretti, logo após a Ponte dos Barreiros. Também, na oportunidade, a Prefeitura informou que aguardava o término de licitação e que a via estava no cronograma de serviços. 

Agora a Administração Municipal informou que a Subprefeitura está fazendo levantamento do material necessário para o recapeamento de diversas vias da Área Continental, incluindo as ruas e avenidas citadas pela reportagem. A expectativa é iniciar os serviços nas próximas semanas de acordo com o cronograma de serviços.   

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Nova York tem explosão de casos de covid-19 e governo culpa não vacinados

"Continuamos a ver sinais de alerta de picos de covid neste inverno e, embora a nova variante ômicron ainda não tenha sido detectada no estado de Nova York, ela está chegando", escreveu a governadora

Saúde

Brasil fecha fronteiras para 6 países por conta de nova variante

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software