Rua 8, no Morro Vila Progresso, recebe obras de drenagem

O objetivo da obra é solucionar o problema de erosão ocasionado pelo escoamento inadequado das águas pluviais

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201321h04

Solucionar o problema de erosão ocasionado pelo escoamento inadequado das águas pluviais é o objetivo da prefeitura com as obras de drenagem na rua 8, no Morro Vila Progresso. Atendendo à reivindicação dos moradores, no local são construídas novas sarjetas em frente ao nº 945, para conduzir a água das chuvas por canaleta até a caixa de captação principal, na avenida Brasil.

As melhorias incluem construção de muro de arrimo de 15m² em terreno onde fica a casa de Terezinha Ramos, 50 anos, também proprietária da mercearia ao lado. "É uma estrutura ótima. Antes, a água das chuvas descia e danificava meu terreno. Tem uma vizinha que já perdeu os móveis. Agora, com o escoamento exato, será bom para todos", disse.

Nesta quarta (20), funcionários da empresa contratada, sob supervisão da regional dos Morros, da Secretaria de Serviços Públicos, faziam a armação da ferragem para concretagem do muro de arrimo. Além disso, na descida da via é construído guarda-corpo de 35m para segurança de pedestres e motoristas, interligando à av. Brasil. Com recursos próprios no valor de R$ 14.870, a obra será finalizada em 15 dias.

Nesta quarta, funcionários faziam a armação da ferragem para concretagem do muro de arrimo (Foto: Divulgação)

No Morro da Penha, rua 12 também recebe melhorias

Outra via que ganha melhorias é a rua 12, no Morro da Penha, com drenagem da galeria de água pluvial e construção de guarda-corpo de 10m de extensão. No local, a Seserp ainda recuperou a escadaria existente, regularizando a altura dos degraus e instalando 30m de corrimão. Um muro de arrimo foi construído para criar um patamar de descanso aos moradores que sobem e descem o morro por este trajeto.

Funcionários da regional dos Morros trabalhavam nesta quarta no reboco das paredes da área de descanso e na colocação do corrimão da escadaria. Mais uma benfeitoria foi a recuperação de 175m² de contrapiso da via. "Passo por aqui todos os dias. A rua está sem sujeira e bem melhor para transitar", falou o autônomo José Carlos dos Santos, 54, morador do Morro da Penha há 32. Também com recursos da prefeitura, no valor de R$ 14.650, os serviços devem terminar em uma semana.