Rosana Valle pede inclusão da ligação seca no edital de privatização da gestão do Porto

A opção do túnel é defendida pelo setor portuário por não restringir o processo natural de crescimento do maior porto brasileiro

Comentar
Compartilhar
23 SET 2020Por Da Reportagem18h34
A deputada Rosana Valle pediu a inclusão da ligação seca no edital de privatização da gestão do PortoFoto: Divulgação

A deputada federal Rosana Valle (PSB) propôs, ao Ministério da Infraestrutura, a inclusão da construção da ligação seca entre Santos e Guarujá no edital de privatização da gestão do Porto de Santos.

"Temos que aproveitar o interesse da iniciativa privada na administração do maior porto da América do Sul para conseguir o investimento necessário para viabilizar a tão sonhada ligação Santos-Guarujá ", afirmou a parlamentar, que preside, na Câmara Federal, a Frente Parlamentar para o futuro do Porto de Santos.

A opção do túnel é defendida pelo setor portuário por não restringir o processo natural de crescimento do maior porto brasileiro.

O modelo de privatização da gestão portuária vem sendo estudado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), contratado pelo Ministério da Infraestrutura para viabilizar o importante processo que teve início em 1997 com as concessões e arrendamentos dos terminais.

Hoje, a iniciativa privada já opera com desenvoltura os terminais, faltando agora a privatização da gestão, atualmente a cargo da Santos Port Authority (SPA), antiga Codesp. Para Rosana Valle, este processo é uma grande oportunidade para viabilizar a ligação seca diante da falta de recursos dos governos.