Rolê Animal permite que voluntários passeiem com cães da Codevida

As caminhadas ajudam na ressocialização dos cães, que muitas vezes chegam ao equipamento traumatizados pelo abandono

Comentar
Compartilhar
18 ABR 2018Por Da Reportagem16h38
O projeto precisa de novos voluntários para possibilitar que mais cães façam seus exercícios diáriosFoto: Divulgação/PMS

"É a felicidade suprema, os momentos mais alegres do meu dia". A frase da dona de casa Mônica Macedo, 49 anos, demonstra o quanto um ato de amor gratuito pode ser bom, tanto para quem recebe quanto para quem doa.

Mônica é uma das 15 pessoas que participam do projeto Rolê Animal, da Coordenadoria de Defesa à Vida Animal (Codevida).  Na iniciativa, voluntários passeiam no período da tarde com os cerca de 80 animais abrigados na unidade, à Rua Francisco Manoel s/nº, no Jabaquara.

A veterinária do equipamento, Andreia Gomes, explica que as caminhadas ajudam na ressocialização dos cães, que muitas vezes chegam ao equipamento traumatizados pelo abandono ou eventuais maus-tratos que receberam de antigos donos. "O convívio social é essencial para a saúde deles".

Enquanto passeava com a cadela Julieta, Mônica relatou que participa do Rolê Animal há cerca de dois anos, após ler sobre o projeto no Facebook. "Chego a andar com 12 cachorros por dia. É maravilhoso porque percebo a felicidade que traz a eles essa simples atitude".

Já a microempresária Lorena Kruger, 58 anos, começou no Rolê Animal há quatro meses, após prestar outros trabalhos voluntários. "Sempre gostei de atuar com voluntariado. Me sinto bem aqui porque os cães precisam muito deste carinho", descreveu enquanto levava pela coleira o cachorro James Brown.

Adesões

O projeto precisa de novos voluntários para possibilitar que mais cães façam seus exercícios diários. Quem quiser aderir pode comparecer à Codevida com originais do RG e comprovante de residência em Santos. O cadastro é feito na hora e a pessoa já pode passear com um animal no mesmo dia. Mais informações pelo telefone 3203-5593.