Rodovias seguem congestionadas no retorno do feriado

A rodovia dos Imigrantes segue com cinco quilômetros de congestionamento em direção à capital paulista

Comentar
Compartilhar
17 NOV 201319h49

Os motoristas que deixam o litoral paulista ainda enfrentam congestionamentos na tarde deste domingo. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de São Paulo, a rodovia dos Tamoios está congestionada por 25 quilômetros, do quilômetro 83, na saída de Caraguatatuba (SP), ao 58. Na Oswaldo Cruz, o congestionamento é de 15 quilômetros a partir de Ubatuba (SP), entre os quilômetros 94 e 79. No trecho entre as duas cidades do Litoral Norte o tráfego também é lento.

O trecho administrado pelo DER da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, entre Peruíbe e Praia Grande, no Litoral Sul, tem congestionamento entre os quilômetros 303 e 292. O congestionamento segue do quilômetro 292 até o 281, no trecho administrado pela Ecovias. O trânsito na Mogi-Bertioga, sentido Mogi das Cruzes (SP) tem trechos de lentidão e não há mais congestionamentos como os registrados até o início da tarde, segundo o DER.

A rodovia dos Imigrantes segue com cinco quilômetros de congestionamento em direção à capital paulista, no retorno do retorno feriado da proclamação da República, entre os quilômetros 70 e 65. A Cônego Domênico Rangoni tem congestionamento da saída do Guarujá (SP) ao quilômetro 270, segundo a Ecovias.

Às 17 horas, as Ecovias estimava que 65 mil veículos ainda deveriam retornar para a capital paulista. O sistema Anchieta-Imigrantes opera no sistema 8 x 2, com seis pistas da Imigrantes e duas da Anchieta operando sentido São Paulo e as outras duas da Anchieta rumo ao litoral.

Às 17 horas, as Ecovias estimava que 65 mil veículos ainda deveriam retornar para a capital paulista (Foto: Luiz Torres/DL)

O sistema Anhanguera-Bandeirantes tem tráfego intenso na Anhanguera, nas regiões de Jundiaí, entre os quilômetros 58 e 60, e de Caieiras, do 32 ao 26, sentido São Paulo. No mesmo sentido, pela Bandeirantes, os pontos de congestionamentos são dos quilômetros 95 ao 90, do 80 ao 70 e do 48 ao 40. Na rodovia, o tráfego de caminhões entre os quilômetros 48 e 23, sentido São Paulo, é proibido, como ocorre todos os domingos.

Na rodovia Fernão Dias a lentidão se estende por 36 quilômetros, do 8 ao 44, entre as regiões de Bragança Paulista e Atibaia (SP), sentido São Paulo. Na pista Norte, sentido Belo Horizonte, há retenção entre os quilômetros 535,5 e 521, entre as regiões de Itatiaiuçu (MG) e Brumadinho (MG), reflexo de um tombamento de uma carreta com derramamento de cimento, e do 487,5 ao 486, na região de Betim (MG).

Há três pontos de lentidão na pista sentido São Paulo da rodovia Régis Bittencourt, entre os quilômetros 398 e 383, do 376 ao 369 e do 366 ao 359, na região de Miracatu (SP), devido ao tráfego intenso. Na pista sentido Curitiba, há lentidão do quilômetro 409 ao 413, na região de Juquiá (SP).

Na Castello Branco, eram dois pontos de congestionamento, devido ao excesso de veículos, do 60 ao 51 e do 33 ao 30, segundo informações da CCR Viaoeste. Na Via Dutra, há lentidão nas chegadas a São Paulo e ao Rio de Janeiro, bem como em trechos de Pindamonhangaba (SP) e Resende (RJ).