X
Cotidiano

Rodízio de veículos na cidade de São Paulo será retomado nesta segunda-feira

A chamada Operação Horário de Pico estava suspensa desde o dia 21 de dezembro, devido a previsão de baixo fluxo no período de fim de ano

Instituído desde outubro de 1997, o rodízio tem como objetivo retirar das ruas da capital 20% da frota de veículo que costuma passar diariamente pelas vias que delimitam o mini Anel Viário da capital / Divulgação

O rodízio de veículos de passeio volta a valer na cidade de São Paulo a partir desta segunda-feira (14). A chamada Operação Horário de Pico estava suspensa desde o dia 21 de dezembro, devido a previsão de baixo fluxo no período de fim de ano. 

Com o retorno do sistema de suspensão, carros que tenham placas com finais 1 e 2 não poderão circular pelo centro expandido nos horários das 7h às 10h e das 17h às 20h. Nas terças, a delimitação vale para placas com finais 3 e 4; nas quartas, para 5 e 6; nas quintas, 7 e 8 e, às sextas, para finais com 9 e 0. 

A área é formada pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf. 

Instituído desde outubro de 1997, o rodízio tem como objetivo retirar das ruas da capital 20% da frota de veículo que costuma passar diariamente pelas vias que delimitam o mini Anel Viário da capital. 

Segundo a Companhia de Engenharia do Tráfego (CET) da Prefeitura de São Paulo, caso motoristas sejam flagrados infringindo a lei e trafegando por locais e horários não permitidos pela legislação, a infração pode resultar em multas no valor de R$ 130,16 e quatro pontos no prontuário do motorista. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos discute queda de Carille em reunião nesta segunda

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software