Réveillon em Guarujá atrai 2 milhões de pessoas

Um espetáculo de cores e luzes brindou a chegada de 2019 na cidade

Comentar
Compartilhar
04 JAN 2019Por Da Reportagem09h00
O show da virada, que durou 15 minutos, teve um total de 12.340 disparos pirotécnicos, distribuídos em cinco balsasO show da virada, que durou 15 minutos, teve um total de 12.340 disparos pirotécnicos, distribuídos em cinco balsasFoto: Divulgação/PMG

Cerca de 2 milhões de pessoas assistiram a queima de fogos em Guarujá. Turistas de vários lugares do Brasil e do mundo curtiram a passagem do ano na Cidade. Um espetáculo de cores e luzes brindou a chegada de 2019.

À meia noite, o céu se transformou em um grande telão, um total de 12.340 disparos pirotécnicos, distribuídos em cinco balsas, encantaram o público nas praias de Pitangueiras e Astúrias. As bombas formavam figuras geométricas e embalavam os desejos de 2019. O show teve duração 15 minutos.

“Foi um espetáculo lindo que brindou a nova fase da Cidade. Turistas de diversas partes do país vieram conhecer o nosso Réveillon e saíram com o gosto de quero mais”, declarou o secretário interino de Turismo, Marcelo Nicolau.

O secretário ressaltou que a festa foi possível com o apoio da iniciativa privada e com o trabalho da Secretaria de Coordenação Governamental. Destacou também o esquema de segurança montado para a passagem do ano, o trabalho integrado entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar garantiu a segurança.

“Ano novo diferenciado, o turista bastante satisfeito com a infraestrutura da Cidade. A limpeza e o policiamento foram o diferencial, com certeza refletiu de uma forma muito positiva no comércio em geral. Segundo os hóspedes a queima de fogos não perdeu em nada para o Rio de Janeiro e Santos”, afirmou a sócia administradora do Grand Hotel Guarujá, Nalva Lima.

A festa contou com o apoio da Prefeitura de Guarujá por meio da secretaria de Coordenação Governamental; da Associação Comercial e Empresarial de Guarujá (Aceg), com patrocínio do Shopping La Plage.

Segurança

Segundo a PM, os índices de criminalidade caíram em relação ao mesmo período do ano passado, com destaque para furtos, com redução de 45,16%.

“O policiamento preventivo e ostensivo, de forma bem atuante e proativa, garantiu uma virada de ano tranqüila. Prova disso é que não registramos nenhuma ocorrência grave, principalmente aquelas que atentem contra a vida e à integridade física da pessoa, que é a nossa maior preocupação”, ressaltou tenente coronel Luiz Fernando Stefani, comandante do 21ºBPM/I.