Reunião mensal do Gabinete de Gestão Integrada, traça metas e discutir ações planejadas para Cidade

A pauta de reunião contou com alguns assuntos como a ação rápida das Polícias Militar e Civil dentro da Força Tarefa e a preparação para a Copa

Comentar
Compartilhar
11 ABR 201416h54

Representantes dos órgãos envolvidos no Gabinete de Gestão Integrada Municipal - GGIM, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (9), o encontro mensal teve como objetivo, traçar metas, discutir as ações programadas e planejadas para serem executadas, na Cidade, dentro das diretrizes de segurança primária que compete o Município.

A pauta de reunião contou com alguns assuntos como a ação rápida das Polícias Militar e Civil dentro da Força Tarefa (para evitar a Feira da Madrugada), preparação para a Copa e preparativos para o feriado prolongado entre outros.

O secretário de Defesa e Convivência Social, Wagner Pereira da Silva, fez questão de ressaltar o apoio, integração, rapidez e seriedade em que as duas Polícias agiram dando todo o apoio ao Município, por meio da Guarda Civil Municipal – GCM, para coibir o comércio irregular da Feira da Madrugada, na última semana, no Morrinhos.

“Quero ressaltar e agradecer a Polícia Militar e Civil, que sem essa integração, não seria possível a realização do trabalho. Isso só nos mostra que o trabalho em conjunto é muito importante para o sucesso dessa e outras operações. Conseguimos agir nessas ações desenvolver o trabalho para evitar os abusos cometidos por alguns indivíduos na Cidade”, declara Pereira.

Durante o encontro o tenente da Polícia Militar, Alexandre Costa, fez uma breve explanação sobre a Atividade Delegada do Estado – conhecida como Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (DEJEM). Guarujá já conta com o reforço.

“Nós temos disponíveis aproximadamente 50 vagas que deverão receber adesão voluntária dos policiais militares, para atuar em seus dias de folga, incrementando o patrulhamento nas vias da Cidade”, explicou, Costa. Afirmando que no Município, já é possível perceber os PMs no Bairro da Enseada e Pitangueiras.

O presidente do Conselho Comunitário de Segurança -Conseg da Enseada, Frederico Alves, afirmou que tem percebido um patrulhamento maior naquela região. “Temos observado uma presença maior de policiais, no Bairro e algumas pessoas têm comentado também conosco”.

No decorrer da reunião foi apresentado o planejamento previsto para as operações que serão realizadas nos próximos dias na Cidade, especificamente em algumas praças. Em virtude de alguns eventos que vêm sendo realizados sem a devida autorização dos órgãos competentes que tem gerado um grande número de reclamação por parte da população que mora no entorno onde essas atividades acontecem.

“Nossa intenção não é proibir nada, mas disciplinar e orientar os cidadãos, que para realizar qualquer tipo de evento no espaço público, também é necessário cumprir regras princialmente, respeitar o direito de ir e vir das pessoas e a lei do silêncio”. Esclareceu o secretário, Wagner Pereira da Silva.

Foi feita uma explanação sobre as reuniões que veem ocorrendo com Agência Brasileira de Inteligência -ABIN e o Comitê Organizador da Copa do Mundo, quanto a questão da segurança.

De acordo com o que foi relatado pelo assessor do Comitê da Copa, Edson Santos, A segurança da seleção será de competência do Exército e Polícia Federal. “Foi nos informado que todo o deslocamento dos atletas, será acompanhado por agentes dessas duas instituições e que a polícia da cidade cuidará das vias que fiquem próximas aos locais que a seleção frequentar”, relatou Santos.