Rei da Tailândia deixa hospital após quase sete meses de internação

Monarca vivo há mais tempo no trono no mundo, ele estava internado desde outubro do ano passado, quando teve a vesícula biliar removida

Comentar
Compartilhar
10 MAI 201512h26

O rei da Tailândia, Bhumibol Adulyadej, de 87 anos, deixou neste domingo um hospital na capital do país, Bangcoc, e voltou para seu palácio. Monarca vivo há mais tempo no trono no mundo, ele estava internado desde outubro do ano passado, quando teve a vesícula biliar removida.

Embora seja um monarca constitucional sem poder político formal, Bhumibol é visto como a figura mais importante do país, que mantém a unidade da Tailândia. Na última terça-feira (05) ele fez uma rara aparição pública, no Grande Palácio de Bangcoc, em um evento para marcar o 65º aniversário da sua coroação. Ele não falou em público e sua condição física parece bastante frágil.

Sua ausência da vida pública nos últimos anos coincidiu com um período de forte instabilidade política no país.