Receita Federal apreende 557 kg de cocaína no Porto de Santos e evita envio à Bélgica

A droga estava oculta em carga de café e foi encontrada com auxílio de cães farejadores

Comentar
Compartilhar
29 JUN 2020Por Da Reportagem18h38
A apreensão foi realizada nesta segunda-feira (29)

A Receita Federal interceptou nesta segunda-feira (29) 557 quilos de cocaína em uma carga de café no Porto de Santos

A carga de café, acondicionada em sacas, tinha como destino final o Porto de Antuérpia, na Bélgica, e foi selecionada para conferência através de critérios objetivos de análise de risco, incluindo a inspeção não intrusiva por escâner. O Porto de Antuérpia é um dos destinos mais frequentes para exportações de cocaína via Porto de Santos. 

"Houve indicação positiva para presença de drogas do cão de faro da Receita Federal, aumentando as suspeitas e, inspecionada a carga, dentro de diversas sacas de café foram localizados sacos plásticos contendo tabletes de cocaína", informou a Receita Federal. 

Em função das características observadas na ação, suspeita-se ter ocorrido a técnica criminosa denominada “Rip-Off modality”, em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A droga interceptada pela Receita Federal foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação a partir de sua localização e que prosseguirá com as investigações, a partir das informações fornecidas pela Receita.