Baixada Santista receberá investimendo de R$ 40 milhões

As cidades de Santos, Bertioga, Guarujá, Praia Grande, Mongaguá e Itanhaém receberão recursos

Comentar
Compartilhar
28 JUN 201402h34

O governador Geraldo Alckmin assinou ontem 418 convênios com 268 municípios e 28 entidades do Estado. No total, serão investidos R$ 320,484 milhões por meio de 11 secretarias: Agricultura e Abastecimento, Casa Militar, Cultura, Desenvolvimento Social, Educação, Esporte Lazer e Juventude, Planejamento e Desenvolvimento Regional, Saneamento e Recursos Hídricos, Saúde e Turismo.

Na Baixada Santista, foram firmados 14 convênios com 6 municípios, totalizando R$ 40.758.891,62. Santos, Bertioga, Guarujá, Praia Grande, Mongaguá e Itanhaém receberão recursos. Veja a destinação das verbas no site www.saopaulo.sp.gov.br/ usr/share/documents/555. pdf.

“Hoje são ao todo 11 secretarias envolvidas e 268 municípios de todos os tamanhos, de todas as regiões. E são todos importantes, não existe município pequeno e município grande, são todos iguais. De janeiro a junho de 2014, assinamos 4.262 convênios, totalizando R$ 1,6 bilhão de recursos para os municípios. Durante três anos e meio, liberamos R$ 4,2 bilhões em 11.312 convênios com os municípios. Hoje entregamos também 14 ambulâncias e 37 ônibus e micro-ônibus escolar , além das vans de pacientes.”

O governador Geraldo Alckmin assinou ontem 418 convênios com 268 municípios e 28 entidades do Estado (Foto: Du Amorim)

Por meio do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi), nove municípios serão beneficiados com mais de R$ 85 milhões para obras de infraestrutura urbana, construções e revitalização.

Já com 37 municípios considerados estâncias, o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE) celebrou 56 convênios com valor de R$ 84.977 milhões.

Os demais convênios envolvem desde a construção de creche-escola, a reconstrução de ponte, a aquisição de ambulâncias, entre outros. Desde o início do ano já foram assinados 4.262 convênios, totalizando mais de R$ 1,6 bilhão em recursos transferidos diretamente aos municípios e entidades paulista.