Quarta médica cubana já atende em Cubatão

A doutora Aimê Tamayo Gutierrez está atendendo na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Caic e vai assistir a população dos núcleos Ilha Bela e Sitio Novo

Comentar
Compartilhar
14 JAN 201417h47

Desde segunda-feira (13), Cubatão já conta com o atendimento de mais uma médica cubana, enviadas pelo Governo Federal, por meio do Programa Mais Médicos, somando as outras três que já haviam iniciado o atendimento nos bairros periféricos da Cidade. A médica Aimê Tamayo Gutierrez está atendendo na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Caic e vai assistir a população dos núcleos Ilha Bela e Sitio Novo.

Aimê foi apresentada oficialmente durante a entrega da UPA do Parque São Luiz, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Desde então, a médica passou por um treinamento para conhecer o sistema de saúde do município e os procedimentos de atendimento adotados pela secretaria de Saúde.

Formada há 12 anos e especialista em medicina geral e integral, a doutora já trabalhou na Bolivia, também em comunidades carentes. "É uma satisfação trabalhar nas comunidades mais necessitadas e poder ajudar de alguma forma. Foi para isso que me formei em medicina".

A doutora Aimê irá atender os bairros de Ilha Bela e Sítio Novo (Foto: Divulgação)

O amor pela profissão fez com ela deixasse em Cuba o marido e o filho de dois anos. Mesmo sentindo saudade da família, ela está feliz em fazer parte do Programa Mais Médicos. "O Brasil está mudando a política de saúde e eu estou muito feliz em fazer parte deste programa. Vou trabalhar com muito amor e dedicação. Tenho certeza que meu filho terá muito orgulho de mim".

A paciente Maria Claudiana Marinho saiu satisfeita do consultório e elogiou o atendimento da médica. "Ela foi muito atenciosa, me escutou e tirou todas as minha dúvidas. Fui muito bem atendida".