Protesto contra falta d'água reúne 200 manifestantes sob intensa chuva em SP

O movimento foi organizado pelo Coletivo de Luta pela Água e outros movimentos sociais e também o sindicato dos professores, que reivindicam melhores condições salariais e de trabalho

Comentar
Compartilhar
20 MAR 201516h14

Sob intensa chuva, cerca de 200 pessoas participam, na tarde desta sexta-feira, de protesto no vão livre do Masp, contra a falta d'água em São Paulo e contra a gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB). O movimento foi organizado pelo Coletivo de Luta pela Água e outros movimentos sociais e também o sindicato dos professores, que reivindicam melhores condições salariais e de trabalho.

Mesmo com a forte chuva, pessoas continuam chegando para o protesto. Molhados e espremidos no único espaço coberto do local por causa do temporal, os manifestantes ouvem representantes dos professores de São Paulo criticarem a gestão tucana em São Paulo. A ideia dos organizadores do movimento era fazer uma passeata, mas por enquanto isso foi deixado de lado pro causa do temporal que cai sobre a cidade.