Projeto garante isenção de taxa para candidatos de baixa renda

Trabalhadores que ganham até dois salários mínimos ou estão desempregados podem ser beneficiados em concursos públicos de Guarujá

Comentar
Compartilhar
24 FEV 201320h12

O projeto de lei que dispõe sobre a isenção de taxa de inscrição para essa faixa da população foi encaminhada à Mesa Diretora da Câmara Municipal pelo vereador Luis Carlos Romazzini (PT), na última sessão.

Conforme prevê o PL, para ter direito ao desconto, o interessado precisará apresentar atestado de pobreza, adquirido na Secretaria de Ação Social da Prefeitura ou comprovar a renda mensal de até dois salários mínimos.

A proposta sugere ainda desconto de 50% no valor da taxa para estudantes que trabalham e têm renda mensal acima de dois salários mínimos. Estudantes que sem renda ou com renda familiar inferior a dois salários mínimos, também estariam isentos da taxa.

Segundo o autor, a medida visa aumentar as chances para a população carente de concorrer as vagas de emprego, oferecidas pelo Poder público. “Geralmente os valores das taxas são muito altos e quem está desempregado não tem condição de arcar com esse custo.

Além do mais, mesmo que o candidato passe no concurso, muitas vezes nem é chamado, então com a isenção, esse mesmo candidato não sai no prejuízo”, afirmou Romazzini. A matéria deverá ser pautada para primeira votação na sessão da Câmara da próxima terça-feira.