SEDUC

Professores de Cubatão não recebem férias de janeiro

Perto de 900 profissionais estão descansando, porém sem dinheiro que deveria ser pago no final de dezembro

Comentar
Compartilhar
22 JAN 2019Por Glauco Braga08h20
Quem saiu de férias em janeiro só vai receber no dia 30 deste mêsFoto: Divulgação

As tão sonhadas férias podem virar um pesadelo. Pelo menos para os professores da rede municipal de ensino de Cubatão. Quem tirou o período de 30 dias de descanso, este mês, simplesmente não recebeu os valores devidos. Um problema que vem se arrastando há três anos.

A presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Cubatão, Nilza Bretas de Carvalho Landim, confirmou o atraso e disse que esteve na Secretaria de Gestão, mas não conseguiu falar com a atual responsável pela pasta, pois ela está afastada da função.. “O secretário-adjunto me disse apenas que a questão está com a Secretaria de Finanças e não existe perspectiva de acerto rápido disso”, disse Nilza.

A dirigente sindical ressaltou que a falta de pagamento atinge perto de 900 professores e que a entidade tentou conseguir, nos outros anos, o pagamento por meio de uma mandado de segurança, mas não obteve êxito. “O juiz não concedia,  a ação corria e chegava no fim do ano para definir. Estamos conversando com o nosso Departamento Jurídico sobre outro tipo de ação mais eficiente”, declarou.  

A assessoria de imprensa informou apenas que: “A Prefeitura de Cubatão, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, informa que está programando o pagamento das férias dos professores para o dia 30 de janeiro”.