X
Cotidiano

Procon reúne-se dia 13 com o MPF para defender vítimas do roubo da Caixa

O encontro foi solicitado pelo órgão de defesa do consumidor e a reunião será na sede do Ministério Público Federal

Audiência será realizada no dia 13, às 15h / Divulgação/PMS

O Procon-Santos tem audiência dia 13, às 15h, com o procurador da República Roberto Farah Torres, com o objetivo de buscar uma solução para as vítimas do roubo na Caixa Econômica Federal. O encontro foi solicitado pelo órgão de defesa do consumidor e a reunião será na sede do Ministério Público Federal (Avenida Washington Luís, 452, Gonzaga).

Entre janeiro e fevereiro deste ano o Procon realizou três mutirões nos quais cerca de 2.300 pessoas apresentaram documentos das joias que estavam sob a responsabilidade do banco e acabaram furtadas em dezembro do ano passado.

A Caixa não tinha seguro, nem fotografia das joias. A instituição financeira não revelou o total de vítimas e a quantidade de joias que estavam em seu cofre. O impasse é porque o banco pretende pagar apenas o valor que consta no contrato e quem se sentir prejudicado que procure a Justiça.

O Procon entende que o contrato é danoso ao consumidor e que a postura do banco vai empurrar milhares de munícipes ao Judiciário, o que vai na contramão do que o sistema busca, que é a conciliação.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Bancos do jardim da praia de Santos contam a história do surfe

Os oito bancos que circundam o Monumento ao Surfista, nos jardins da Praia da Pompeia, ganharam encosto com três entalhes cada, mostrando a evolução das pranchas no país

Esportes

Grêmio vence o São Paulo e mantém esperança de salvação

A equipe gaúcha teve amplo domínio da partida e construiu a sua vitória

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software