X

SUSTENTABILIDADE

Prefeituras podem se inscrever em programa de coleta seletiva e reciclagem; veja como participar

O objetivo do programa é de selecionar novos municípios brasileiros interessados e implementar a política pública de coleta seletiva e reciclagem

Da Reportagem

Publicado em 02/03/2023 às 13:23

Atualizado em 02/03/2023 às 13:27

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O objetivo do programa é de selecionar novos municípios brasileiros interessados em integrar ao "Programa Recicleiros Cidades" / Divulgação

O Instituto Recicleiros, Organização da Sociedade Civil, que atua no desenvolvimento de soluções para a gestão sustentável de resíduos sólidos em todo Brasil, por meio da Academia Recicleiros do Gestor Público, está com as inscrições abertas para a 5ª edição do Edital de Chamamento Público (Seletiva 2023). O objetivo do programa é de selecionar novos municípios brasileiros interessados em integrar ao "Programa Recicleiros Cidades" e implementar a política pública de coleta seletiva e reciclagem. Leia também no site da Gazeta de S.Paulo.

Durante o processo seletivo, os gestores públicos dos municípios devem percorrer a "Trilha do Conhecimento", conteúdo oferecido em uma plataforma on-line que soma 120 minutos e está dividido em três módulos:

  • o primeiro sobre o Instituto Recicleiros e o modelo de atuação;
  • o segundo trata das condições necessárias para desenvolvimento da coleta seletiva;
  • e o terceiro aborda a infraestrutura e processos para uma operação eficiente.

"O Programa visa ajudar as cidades na verdadeira e perene transformação social e ambiental a partir da gestão adequada de resíduos. Também dá a oportunidade aos gestores públicos de deixarem um verdadeiro legado da administração ao município e à população", enfatiza Erich Burger, fundador e diretor de Desenvolvimento de Negócios da Recicleiros.

Processo após inscrição:

Os municípios que se inscreverem serão avaliados individualmente, e aqueles que apresentarem as condições e premissas do programa, começarão a integrar a plataforma Recicleiros para receber os investimentos propostos. Além de fornecerem também o maquinário, inteligência, capacitação e suporte total para que as cidades possam desenvolver e administrar com eficiência a coleta seletiva sustentável. Segundo o programa, o um dos objetivos é o de gerar emprego para pessoas que precisam de renda.

O programa, que é único no Brasil, prevê investimentos de até R$ 5 milhões em cada uma das cidade selecionadas, além de fornecer tecnologia, maquinário, inteligência, capacitação e suporte total para que as cidades possam desenvolver e administrar com eficiência a coleta seletiva sustentável, envolvendo os aspectos ambientais, sociais e econômico. Gestores públicos, representantes das cidades interessadas, devem fazer o cadastro acessando o link: https://conteudos.recicleiros.org.br/seletiva-programa-recicleiros-cidades.

Para Erich, o intuito das inscrições é se conectar com municípios que demonstram compromisso, engajamento e visão estratégica da gestão municipal, e que estejam dispostos a atuar de maneira ética, socialmente justa e ambientalmente adequada.

"O primeiro passo da Seletiva é qualificar e preparar os territórios para que possam receber o Programa Recicleiros Cidades. Esse processo envolve uma sequência de mentorias técnicas oferecidas pela Academia Recicleiros do Gestor Público, com especialistas do Instituto Recicleiros, que vão compartilhar seus conhecimentos técnicos e táticos", disse o diretor.

Segundo Cezar Augusto, gerente da Academia Recicleiros do Gestor Público e responsável pelas relações com os governos locais, os municípios inscritos serão avaliados individualmente e, aqueles que apresentarem as condições e premissas do Programa, passam a integrar a plataforma Recicleiros Cidades para receber os investimentos propostos no edital.

"Além de assessoria técnica especializada e de longo prazo para sedimentação da política pública sustentável, os municípios selecionados recebem orientação e engajamento para sensibilizar a população na mudança de hábitos, impacto ambiental positivo na sociedade, além de trabalho digno e renda para que catadores se emancipem e tenham mobilidade social", explica. "Afinal, o Instituto Recicleiros visa unir pessoas, municípios e empresas para vencer o desafio do lixo e da desigualdade social no Brasil", completou Cezar.

Sobre o programa

O Programa Recicleiros Cidades está presente em 14 municípios nas cinco regiões do Brasil, atualmente. A perspectiva é, até o fim de 2023, estar em plena operação em 20 cidades. E a expectativa é alcançar 60 cidades, atingir 3 milhões de pessoas com coleta seletiva na porta, gerar mais de 3000 postos de trabalho, proporcionando salário digno e condições de trabalho para catadores por meio de cooperativas e gerar mais de 10 mil toneladas de resíduos reciclados por mês, até 2027. 

A iniciativa tem como patrocinadora semente a empresa SIG Group, líder no fornecimento de sistemas e soluções para embalagens assépticas, que investe, desde 2017, em diversas iniciativas do Instituto Recicleiros.


Serviço
Seletiva Programa Recicleiros Cidades 2023

Data: inscrições até 10 de março

Site: https://conteudos.recicleiros.org.br/seletiva-programa-recicleiros-cidades.

Para acessar o FAQ da Seletiva 2023, clique aqui.


Sobre o Instituto Recicleiros - Organização da Sociedade Civil (OSC), qualificada como OSCIP, que atua há mais de 15 anos no desenvolvimento de soluções para a gestão sustentável de resíduos sólidos em todo Brasil, com especial foco na recuperação de embalagens pós-consumo com a inclusão de catadores e catadoras. Por meio do Programa Recicleiros Cidades, implanta nos municípios brasileiros a coleta seletiva e a reciclagem, envolvendo em um mesmo ecossistema em cadeia circular prefeituras, empresas, catadores e cidadãos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Não perca as contas: você sabe quantas vezes o cantor Fábio Jr. se casou?

A lista é bem extensa e pode confundir os fãs

Diário Mais

Existe uma fruta que é considerada a melhor para para perder peso; saiba qual é

As frutas são ricas em fibras, que auxiliam no equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue e retardam o processo de liberação de açúcar na corrente sanguínea

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter