Prefeitura retoma obra de reurbanização do Canal após o Carnaval

Em Bertioga, segunda fase do projeto de autoria do arquiteto Ruy Ohtake foi paralisada em virtude da temporada de Verão.

Comentar
Compartilhar
30 JAN 201319h30

A obra de reurbanização do Canal de Bertioga, entre o Forte São João e o Mercado Municipal de Pescados, será retomada após o Carnaval. Essa é a segunda fase do projeto de autoria do arquiteto Ruy Ohtake, que teve como primeira etapa o trecho entre o Forte São João e a Pista de Skate João Carlos Ferreira Mathias dos Santos, já entregue, e a terceira, deste ponto até o bairro Maitinga.

A Prefeitura de Bertioga, por meio da Secretaria de Obras e Habitação, iniciou as intervenções no jardim do Canal de Bertioga e na Avenida Vicente de Carvalho, em setembro do ano passado. Entretanto, em virtude da proximidade da temporada de verão, o serviço foi paralisado, uma vez que o local recebe grande fluxo de veículos e pedestres, conforme explicou o diretor de Obras Públicas, Ricardo José Lerch.

A obra contempla a reforma da drenagem, a pavimentação da Avenida Vicente de Carvalho e a criação de espaços para estacionamento; recuperação do muro de contenção do Canal, implantação de guarda-corpo em fibra de vidro do atracadouro da balsa até o Forte São João; reformulação do piso da orla; paisagismo, iluminação e ciclovia. Também será executado banheiro público semi-enterrado e sobre o equipamento será criada uma área de contemplação, que poderá ser utilizada para pequenos eventos.

O valor total da obra é de R$ 4,7 milhões, provenientes do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE), do ano de 2010. Dentro desse valor ainda está a execução da pavimentação da Avenida Thomé de Souza, no trecho entre a Avenida Vicente de Carvalho e a pista de skate, e do passeio no mesmo trecho, serviços que já foram concluídos. A previsão de entrega da obra do Canal de Bertioga é em outubro deste ano.

A terceira fase da obra, da Pista de Skate até o bairro Maitinga, também já foi iniciada. Foi executado o calçadão e, após o Carnaval, os quiosques antigos serão demolidos para a construção dos novos equipamentos e todo o paisagismo no entorno.

O projeto nesse trecho acompanha o já executado na orla e também conta com dois conjuntos de quiosques, duas baleias-esguicho, dois playgrounds, uma área de convivência, duas mesas de jogos, duas praças de ginástica e esculturas em fibra. A extensão é de 1.200 metros e também será executada a reforma da drenagem e pavimentação da Avenida Thomé de Souza.

Os recursos para execução dessa fase da obra são de R$ 5,1 milhões, provenientes também do Dade, do ano de 2011. A previsão de entrega é em dezembro deste ano.