Prefeitura instala gabinete para atendimento pós-emergencial

Prefeita Marcia Rosa comandou reunião com todo o secretariado municipal na manhã desta segunda-feira (25)

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201318h08

Após os trabalhos emergenciais que garantiram a integridade física de todas as vítimas da tempestade que atingiu Cubatão no último final de semana, começa a etapa de assistência às famílias e normalização dos serviços públicos. Para definir os próximos passos deste complexo processo, a prefeita Marcia Rosa instalou um gabinete de crise, reunindo todos os órgãos municipais. A primeira reunião do grupo aconteceu na manhã desta segunda-feira (25).

As secretarias e órgãos da Prefeitura trabalharão conjuntamente, mantendo comunicação permanente de todos os dados e providências levantadas junto às áreas e famílias afetadas. “A prioridade agora é cuidar das pessoas. Temos centenas de pessoas que perderam tudo e estão sob a tutela do poder público. Nosso trabalho é fazer de tudo para que os afetados pela tragédia voltem às suas vidas normais o mais rápido possível”, afirmou a Chefe do Executivo.

A Prefeitura trabalha com a meta de remover todo o entulho, sujeira e lama acumuladas nas ruas até esta quinta-feira, dia 28. Profissionais de diversos setores da Administração, como Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), Companhia Municipal de Trânsito (CMT), Companhia Cubatense de Urbanização e Saneamento (Cursan) e secretarias municipais, estão percorrendo todas as regiões da Cidade levantando consequências da tempestade, como linhas elétricas quebradas, animais mortos em decomposição, tubulações rompidas e danos em vias públicas.

Com base nas análises dos técnicos do Instituto Geológico (IG) e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado (IPT), além dos relatórios dos profissionais do Comdec, foram definidas as áreas da Cidade prioritárias para esse atendimento: Água Fria, Pilões e Vila Noel. Regiões como Pinheiro do Miranda, Costa Muniz, Vila São José, Vale Verde, Mantiqueira e Vila Esperança aparecem em seguida.

Em outra frente, está sendo feita a triagem completa dos dados das pessoas que estão nos abrigos. Dentre os itens verificados: se o munícipe estava com consultas marcadas na rede municipal de saúde, se é portadora de doenças crônicas (diabetes, hipertensão, etc.) e se está cadastrada em programas sociais (bolsa família municipal, auxílio-moradia, etc.).

Um trabalho coordenado pelo vice-prefeito Donizete Tavares do Nascimento manterá conversações com as outras esferas de governo, que atuam em conjunto com o Município na assistência às famílias. Presente à reunião, o deputado estadual Luciano Batista empenhou-se em viabilizar a vinda de equipes do programa estadual Poupatempo, para agilizar a reemissão de documentos pessoais de quem os perdeu na enchente.

Prefeita Marcia Rosa instalou um gabinete de crise, reunindo todos os órgãos municipais (Foto: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Cubatão)

A prefeita de Cubatão também anunciou que o Governo Federal disponibilizou terrenos da União na cidade para a instalação de abrigos e alojamentos. “Graças à essa união de forças e a um intenso trabalho preventivo feito por nossa Defesa Civil municipal nas áreas de risco, apesar dos danos materiais, não tivemos nenhuma vida perdida. Agora, é continuar trabalhando para que a rotina da Cidade volte à sua normalidade”, disse Marcia Rosa.

Também estiveram presentes na reunião os vereadores Ivan da Silva Hildebrando, Ricardo de Oliveira (Ricardo Queixão) e Jair Ferreira Lucas (Jair do Bar), além da ouvidora municipal, Silvana Araújo Santos.

Desabrigados

Até o início da tarde desta segunda-feira (25), o número de moradores da Água Fria, Vila Noel e Pilões que ficaram desabrigados por conta da enchente da última sexta-feira (22) chega a cerca de 400. Eles estão no Centro Esportivo Castelão e Igreja Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias, ambos no Centro; UME Estado do Alagoas, no Pinheiro do Miranda; UME Princesa Isabel e Escola Estadual Júlio Conceição, na Vila Couto. O Município segue em estado de emergência, decretado pela prefeita Marcia Rosa no último sábado (23).

Doações

A corrente de solidariedade que uniu a região e o País em prol de Cubatão continuam. As doações de alimentos, produtos de limpeza e roupas devem ser feitas na Unidade Municipal de Ensino (UME) do Parque Anilinas, com entrada pela Rua Assembleia de Deus, no Centro da Cidade, das 6h às 22h. Para a formação de kits de alimentos para as pessoas atingidas pela tempestade em Cubatão, os produtos mais necessários neste momento são arroz e óleo, mas todos os alimentos não perecíveis são aceitos. Outras urgências são roupas íntimas novas, absorventes femininos e produtos de higiene e limpeza.

Uma conta corrente foi aberta exclusivamente para receber contribuições financeiras, que serão destinadas apenas para os trabalhos de assistência aos desabrigados: Banco Santander, agência 0123, conta corrente 45002019-7, em nome de Prefeitura Municipal de Cubatão.