Prefeitura de SV não repassa verba para empresa

Qualitécnica era a responsável pela limpeza do antigo Crei. AdministraçãoMunicipal apenas confirma reunião

Comentar
Compartilhar
24 ABR 201523h48

A Prefeitura de São Vicente não pagou a empresa Qualitécnica, que era a responsável pelo serviço de limpeza no Hospital Municipal (antigo Crei) até o mês passado. Sem receber da Administração Municipal, a firma deixou de pagar os vencimentos referentes ao aviso prévio a um grupo de cerca de 30 funcionários.

Os trabalhadores da Qualitécnica se encontraram com representantes do sindicato ontem, na porta do hospital, para discutir uma forma mais eficaz de cobrança dos salários.

Uma das funcionárias da empresa afirmou ao Diário do Litoral que o grupo recebia piso salarial de R$820,00, além de benefícios como o vale-refeição. “O VR foi bloqueado no dia 20”, contou ela, que é moradora do Jardim Rio Branco e está com problemas para pagar as contas.

Grupo de trabalhadores se reunirá em frente ao hospital na segunda-feira (Foto: Matheus Tagé/DL)

A empresa já tinha ficado sem receber da Prefeitura e os problemas de falta de higiene no hospital acabaram sendo mostrados em um importante jornal de TV de circulação nacional.

O grupo de trabalhadores voltará a se encontrar na porta do hospital na segunda- feira, a partir das 13h30 para novamente tentar uma posição de um representante da Prefeitura vicentina.

Respondeu parcialmente

Questionada se a dívida com a empresa era de R$ 287 mil, a Prefeitura de São Vicente não respondeu. Ela limitou-se a informar que a empresa Clareza é a responsável pela limpeza do hospital e que sua situação está regularizada. “Sobre a Qualitécnica, uma reunião entre a secretaria e a empresa está marcada para a próxima semana”, informa a nota enviada à Redação.