Prefeitura de SP amplia programa na Cracolândia

Nesta quarta-feira, 29, o prefeito Fernando Haddad (PT) apresentou, em entrevista coletiva, um balanço dos dez primeiros dias da operação

Comentar
Compartilhar
30 JAN 201412h48

A Prefeitura de São Paulo iniciou nesta terça-feira, 28, a inclusão de novos dependentes químicos no programa De Braços Abertos, que oferece trabalho, moradia e comida para usuários de drogas da Cracolândia. Antes, apenas os moradores da antiga Favelinha podiam participar. Segundo a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Luciana Temer, 41 dependentes da região se juntaram aos 329 usuários já cadastrados.

Nesta quarta-feira, 29, o prefeito Fernando Haddad (PT) apresentou, em entrevista coletiva, um balanço dos dez primeiros dias da operação. Até agora, um quinto dos participantes aceitou tratamento contra a dependência, 25 pessoas foram presas e 1,1 mil pedras de crack, apreendidas. Haddad disse que percebeu uma diminuição do número de pessoas concentradas na Cracolândia.

Até agora, um quinto dos participantes aceitou tratamento contra a dependência, segundo Fernando Haddad (Foto: Agência Brasil)