X

Cotidiano

Prefeitura de Santos cumpre TAC da exploração sexual

Com três ambientes, o Núcleo conta com um assistente social, um terapeuta, um oficial administrativo, um psicólogo e um orientador social

Carlos Ratton

Publicado em 18/09/2018 às 08:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Funciona de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 16 horas, dentro do Mercado / Paolo Perillo/DL

A Prefeitura de Santos iniciou ontem o atendimento no Núcleo Integrado de Articulação e Atendimento à Crianças e Adolescentes, que funciona de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 16 horas, dentro do Mercado ­Municipal. O ­equipamento foi exigido pelo Ministério Público (MP) dentro Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Administração, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Com três ambientes e ainda com cheiro de tinta, o Núcleo conta com um assistente social, um terapeuta, um oficial administrativo, um psicólogo e um orientador social. Segundo a chefe do Departamento de Articulação da Prefeitura, Suzete Faustina dos Santos, ainda serão realizados ajustes para melhor assistir os menores e familiares.

“Vamos atender crianças e adolescentes em situação de risco (exploração sexual) e vulnerabilidade social. Na quarta-feira, faremos uma reunião com a Secretaria de Saúde para alinharmos algumas possíveis situações. Espero que consigamos minimizar essa triste situação (exploração)”, afirma Suzete, que já adiantou que a Administração já pensa em criar um outro espaço no Mercado para atividades com as crianças e ­adolescentes.

Vale lembrar que a data limite (ontem) foi dada pela promotora da Infância e Adolescência de Santos, Nelisa Olivetti de França Neri de Almeida que, na última sexta-feira (14), havia indeferido segundo pedido de dilação (adiamento) de prazo solicitado pela ­Administração.     

O espaço será o equivalente ao de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, quando a equipe do serviço encaminha crianças e adolescentes para atividades culturais, esportivas e artísticas realizadas por outros segmentos da rede de atendimento do Município. O TAC ocorreu após o Diário ter publicado situações envolvendo as meninas do Centro de Santos.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Ato em Santos pedirá recomposição das universidades e institutos federais

Manifestantes estão em vigília pela recomposição orçamentária das universidades e institutos federais

Diário Mais

Guarujá está entre os destinos turísticos mais procurados no Airbnb

Ubatuba e São Sebastião, no Litoral Norte, também estão entre as 10 cidades mais buscadas na plataforma de hospedagem

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter