X
Cotidiano

Prefeitura de Guarujá garante obras no Forte do Itapema

Administração já tem R$ 1,5 milhão; carro fúnebre de Santos Dumont também volta à Cidade

A Prefeitura prevê que R$ 1,5 milhão seja enviado nas próximas semanas para início das intervenções ainda neste primeiro semestre no Forte / DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE GUARUJÁ

A Prefeitura de Guarujá informou ontem (11) que já obteve a captação de R$ 1,5 milhão do Ministério do Turismo para obras de remodelação dos acessos e entorno do Forte de Vera Cruz do Itapema, também conhecido como Farol do Itapema, em Vicente de Carvalho.

O processo está em fase de assinatura de contrato e a previsão é de que essa verba seja enviada nas próximas semanas para início das intervenções ainda neste primeiro semestre.

O projeto inclui intervenções nos acessos externos, jardins e passeios. Também estão previstos serviço de pintura e a instalação de refletores com lâmpadas de LED, além, de novos portões de entrada e guarita, entre outros.

Revelou ainda que, como se trata de um monumento tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), não há a possibilidade de revitalizar também o prédio, além dos acessos e entorno, o que só poderia ser feito num processo de restauro, com a devida supervisão do órgão estadual responsável pelo tombamento.

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) cedeu ao Município permissão de 20 anos para a utilização do Forte do Itapema. A construção, instituída no século 16 foi tombada pelo Estado de São Paulo desde 1982.

CARRO FÚNEBRE.

A Prefeitura também revelou ontem (11) que o serviço de restauração do carro fúnebre de Santos Dumont já foi concluído e o veículo está sendo devolvido à Cidade em processo a se concluir ainda neste mês de maio.

O carro fúnebre se encontra nas dependências do cemitério vertical santista Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, desde o final do ano passado.

A Prefeitura já manifestou formalmente o desejo de disponibilizar a guarda do carro à Base Aérea de Santos, para futura exposição nas dependências do Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá, e aguarda posicionamento do comando da Base.

O veículo é um Chevrolet Ramona, fabricado em 1929, que conduziu o corpo do aviador brasileiro após seu suicídio no Grand Hotel La Plage, no dia 23 de julho de 1932. Até 2017, ele era uma atração turística na esquina das avenidas Leomil com a Puglisi, no Centro de Guarujá. Hoje a base serve à Secretaria de Turismo e a Secretaria de Defesa e Convivência Social.

A recuperação do entorno do Forte e a devolução do carro recuperado vem ao encontro dos anseios de vários guarujaenses, que vinham usando as redes sociais para mostrar a preocupação com a preservação de equipamentos históricos da Cidade.

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Sindpesp aciona a Justiça contra a Operação Sufoco

A medida determina que os policiais devem trabalhar mais, em seus períodos de folga, para combater a criminalidade no Estado de São Paulo

Polícia

Casal de Guarujá perde mais de R$ 1.000 após cair no golpe do ovo

A vítima também relatou que o marido chegou a ligar para amigos policiais e, segundo eles, por volta de 13h40 o carro foi avistado por um radar de inteligência em Praia Grande, onde eles teriam aplicado o golpe em outra vítima

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software