Prefeito participa de reunião e garante tranquilidade após intervenção no Rio

A preocupação é que criminosos do estado fluminense ingressem em solo paulista

Comentar
Compartilhar
23 FEV 2018Por Da Reportagem18h17
O prefeito Paulo Alexandre Barbosa em reunião com o secretário Mágino AlvesFoto: Divulgação/PMS

O secretário de Estado da Segurança Pública, Mágino Alves, reafirmou nesta sexta-feira (23) que, "por precaução", as tropas especiais das polícias Civil e Militar fiscalizarão todas as estradas que ligam os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, que está sob intervenção federal na área da segurança pública desde segunda-feira (21). A preocupação é que criminosos do estado fluminense ingressem em solo paulista.

"O governo estadual está atento, vigilante e realizará diversas operações; a população pode ficar tranquila", assegurou o titular da segurança em São Paulo.

O secretário se manifestou em seu gabinete na Capital, em reunião com o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, que havia marcado o encontro para tratar do tema.

O Chefe do Executivo santista colocou o Sistema Informatizado de Monitoramento (SIM) à disposição do policiamento. Santos possui atualmente 671 câmeras de vigilância, número que deve chegar a 1.460 até dezembro.