Prefeita Antonieta vistoria obras do Teatro Procópio Ferreira, que entraram na reta final

Um teatro moderno, confortável e que atende a todas necessidades da classe artística da Baixada Santista

Comentar
Compartilhar
25 AGO 201415h09

A prefeita Maria Antonieta de Brito visitou, na última semana, as obras de revitalização do Teatro Procópio Ferreira, que entraram em sua reta final. A Prefeitura entregará, em breve à população, um teatro moderno, confortável e que atende a todas necessidades da classe artística da Baixada Santista que ganhará mais um palco para se apresentar.

Na ocasião, Antonieta conversou com os trabalhadores e verificou cada setor do teatro que está passando por obras, além de fazer sugestões ao corpo técnico responsável pela revitalização e cobrar celeridade e qualidade na execução dos serviços.

“Estamos finalizando a obra civil e publicando os editais de licitação para a compra de mobiliário, divisórias e equipamentos de segurança para o Teatro. Com isso, finalizaremos a revitalização do Procópio Ferreira e o devolveremos à comunidade totalmente diferente do que ela conhece. Nosso teatro agora conta com moderno sistema de ar condicionado, tem uma ampla área para exposições culturais e é completamente acessível a pessoas com mobilidade reduzida em todas as suas áreas. Esta é uma obra que está demorando um pouco mais do que gostaríamos para ser finalizada, mas valerá a pena”, disse a prefeita.

Quando for concluída a obra civil do Teatro, o Procópio Ferreira receberá a instalação de suas novas poltronas, iluminação cênica, cenotécnica e cortinas. Após isso, a Secretaria Municipal de Cultura treinará os profissionais que trabalharão no local a partir de sua reinauguração.

Infraestrutura – Após visitar as obras de revitalização do Teatro Procópio Ferreira, a prefeita Antonieta, o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras, Duino Verri Fernandes; e a secretária municipal de Coordenação Governamental, Eliane Ribeiro, vistoriaram ainda o andamento das obras de implantação da rede de drenagem na Rua das Casuarinas, no Pernambuco, e da segunda camada de asfalto da Avenida Manoel Alves de Moraes, entre a Avenida Guadalajara e a Avenida Salim Farah Maluf, na Enseada.