CAMPANHA DE 1 A 11

Prédio da Câmara de Itanhaém está em reforma

Objetivo é que o local ofereça mais acessibilidade às pessoas com deficiência; entrega do prédio está prevista para 9 de março

Comentar
Compartilhar
23 FEV 2020Por Nayara Martins09h04
Entre as mudanças estão o piso do plenário rebaixado, rampas de acessibilidade e novos banheiros adaptados, na Câmara.Foto: NAYARA MARTINS/DIÁRIO DO LITORAL

Oferecer acessibilidade ao espaço físico da Câmara de Itanhaém. É o objetivo da reforma que está sendo realizada na parte térrea do Legislativo, segundo o presidente da Casa, Hugo Di Lallo (Cidadania). As obras, que começaram no início do mês de dezembro de 2019, já estão em fase de conclusão. A previsão, segundo o presidente, é de concluir os serviços até 9 de março, quando haverá a entrega oficial.

"É uma obra totalmente voltada para a acessibilidade. Sempre procurei trabalhar em defesa das pessoas com deficiência. Ao assumir a presidência da Câmara, vi a necessidade de o Legislativo se tornar um local mais acessível a todos", explica.

Entre as mudanças, na parte térrea do prédio, destacam-se uma nova rampa de acessibilidade na recepção e no acesso ao plenário, inclusive à Tribuna da Casa; a instalação de um piso tátil aos deficientes visuais; e o rebaixamento de cerca de 60 centímetros do piso de todo o plenário, o que permitiu o nivelamento do piso.

Haverá ainda a ampliação do número de assentos ao público, passando de 130 para 150 lugares, incluindo lugares reservados para cadeirante e para pessoas obesas, no plenário, além de uma nova sala de áudio na parte superior do local.

O espaço do plenário foi compactado para que, na parte de trás, fosse feita a ampliação de uma sala de reunião e ainda uma nova sala para atendimento a cadeirantes, além de dois novos banheiros adaptados.

Os sanitários também foram adaptados para oferecer mais acessibilidade, o que não existia. Serão quatro banheiros na parte térrea - dois na entrada da Câmara e mais dois, atrás das salas de reunião e de atendimento, com portas de entrada mais largas, passando de 80 centímetros a 1 metro e 20 centímetros.

O custo da obra é de R$ 322.442,46. O prazo da entrega é de três meses. Os recursos, segundo o vereador, já estavam destinados à reforma no orçamento do Legislativo, do ano passado.

VEREADORES MIRINS

Além da entrega oficial do prédio da Câmara, no dia 9 de março, tambéM acontecerá a posse dos 11 vereadores mirins, eleitos nas escolas de ensino fundamental da rede municipal.

São alunos matriculados do 5º ao 8º ano, com idade até 15 anos. O objetivo, segundo Di Lallo, foi mostrar aos alunos a pratica da cidadania, conhecer o processo eleitoral e ter o direito de participar das decisões do município.

"Não tenho dúvidas que os alunos vão contribuir bastante com a Câmara. A ideia é que eles se reúnam no Legislativo, tragam pautas do dia a dia do seu bairro e sejam sugeridas aos vereadores do município". O projeto de lei, de autoria do vereador Hugo Di Lallo, foi aprovado em 2019, na Câmara, e realizado em parceria entre o Executivo e o Judiciário.

NA OAB

As sessões da Câmara estão acontecendo até 9 de março, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Itanhaém. A próxima sessão será na quarta-feira, 26, às 16 horas. A OAB fica na rua Professora Dinorah Cruz, 20, no Centro.