Praias de Santos continuam impróprias

O aumento da população e as fortes chuvas contribuíram para a poluição das praias da Região

Comentar
Compartilhar
02 FEV 201317h40

Na Baixada Santista, 37 praias continuam impróprias para o banho de mar e 29, estão com a balneabilidade boa, segundo os boletins divulgados ontem à tarde no site da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado (Cetesb). As amostras de água do mar foram colhidas até o último dia 11.

Em Santos e Mongaguá, todas as praias estão impróprias para o banho de mar. Em Itanhaém, apenas a Praia dos Pescadores está própria. Em São Vicente estão impróprias as praias dos Milionários, Gonzaguinha e Itararé Posto-2.

Em Guarujá, apenas a praia do Perequê está imprópria para o banho. Em Praia Grande, os banhistas devem evitar as praias do Canto do Forte, Aviação, Real, Boqueirão, Flórida, Guilhermina e Jardim Solemar.

Peruíbe tem quatro das seis praias impróprias para o banho de mar. São elas Peruíbe-Icaraíba, Peruíbe-Avenida São João, Peruíbe-Parque Turístico e Peruíbe Balneário São João Batista.

Em Cubatão, o Rio Perequê está com a balneabilidade boa. A cidade de Bertioga é a única da Baixada Santista com todas as nove praias próprias para o banho, segundo análise da Cetesb.

Já quem está no Vale do Ribeira, pode aproveitar as praias de Iguape e Ilha Cumprida, que também estão com a balneabilidade boa. De acordo com a assessoria de imprensa da Cetesb, o excesso de coliformes fecais presentes na água em virtude do aumento de esgoto por causa do volume de turistas e veranistas que passam a temporada de Verão na Região e a ocorrência de chuvas fortes contribuem para a poluição das praias.