Praia Grande inaugura moderna sala de emergência do PS Central

A entrega será no próximo dia 21, às 17 horas. A nova sala de emergência do Pronto-Socorro Central foi totalmente remodelada

Comentar
Compartilhar
07 NOV 201317h47

Praia Grande segue desenvolvendo o projeto de modernização de seus equipamentos da área da saúde visando assim oferecer ainda mais qualidade nos serviços prestados aos munícipes. Dando sequência nestas ações, a Cidade entrega no próximo dia 21, às 17 horas, a nova e moderna sala de emergência do Pronto-Socorro Central, localizado no Bairro Boqueirão.

O PS Central faz parte do Complexo de Saúde Irmã Dulce. A Fundação do ABC, a FUABC, é a responsável pelo gerenciamento das unidades. A obra foi executada com recursos municipais repassados no contrato de gestão entre a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) e a entidade.

Segundo o titular da Sesap, Francisco Jaimez Gago, a nova emergência da unidade reforça a estrutura que a Cidade dispõe para atendimentos de urgência e emergência. “A Administração Municipal tem como uma de suas principais metas oferecer melhor atendimento possível na área da saúde”.

A nova sala de emergência do PS Central foi totalmente remodelada com a ampliação do espaço destinado ao atendimento do setor, passando de sete para até 11 leitos, além do isolamento. O projeto ainda contemplou a equipe técnica, que passou a contar com estrutura moderna e confortável. Outro destaque diz respeito a localização estratégica do posto de enfermagem. Toda a parte de infraestrutura foi refeita, bem como as instalações hidráulicas e elétricas, sistema de tubulação de gases e climatização do ambiente.

O PS Central faz parte do Complexo de Saúde Irmã Dulce (Foto: Luiz Torres/DL)

A obra exigiu modificações para não interromper os serviços médicos. A sala de emergência teve de ser provisoriamente deslocada para outro espaço ao lado do repouso, que foi adaptado e recebeu recursos para atendimento aos pacientes graves em urgência e emergência. A entrada de ambulâncias e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) mudou para o estacionamento de funcionários da unidade, que teve de ser desativado. O acesso dos pacientes graves, na parte interna, foi deslocado para um corredor alternativo. Por conta destas alterações, a gerência administrativa contou com a compreensão por parte dos usuários até o encerramento dos trabalhos.

Dados

A unidade encerrou 2012 com 237.196 atendimentos. Somente durante o período das festas do final do ano passado, o equipamento registrou mais de 6 mil serviços prestados para munícipes e turistas.

Mudanças

O PS Central atravessou uma complexa reestruturação desde que teve sua gestão assumida pela FUABC, em abril de 2011. A fase inicial compreendeu nova recepção e área de espera, com Ouvidoria e espaço lúdico para crianças; climatização do ambiente, com cortina de ar na porta de entrada; reparos elétricos e hidráulicos; pintura e manutenção.

Para priorizar os casos mais graves que chegam pela recepção, a unidade passou a atender pelo sistema de Acolhimento com Classificação de Risco. Após escuta e checagem dos sinais vitais, a enfermagem sinaliza aos médicos, por meio de cores, o grau de gravidade dos pacientes: vermelho para emergências (que necessitam de atendimento imediato); amarelo para urgências (o mais rápido possível); verde para consultas não urgentes (podem aguardar um tempo maior); azul para consultas de baixa complexidade (serão atendidos após os anteriores). Casos mais graves, em que há risco de complicações e morte, são atendidos primeiro. O atendimento aos pacientes que chegam à sala de emergência pelo SAMU é imediato. Os demais casos, como os ambulatoriais, precisam aguardar.