X
Cotidiano

Praia Grande e Santos debatem melhorias no sistema de Saúde da Região

Reunião ocorreu na quinta-feira (18), no Paço Municipal praia-grandense

Atualmente, Praia Grande e Santos figuram como referência na área da Saúde / Fred Casagrande/PMPG

As Prefeituras de Praia Grande e Santos vão propor aos demais municípios da Região um trabalho com uma visão mais ampla e metropolitana com o objetivo de melhorar a estrutura e o sistema de saúde da Baixada Santista. O tema foi debatido em reunião no Paço Municipal praia-grandense, nesta quinta-feira (18).

Participaram do encontro a prefeita de Praia Grande, Raquel Chini, os secretários de Saúde praia-grandense, Cleber Suckow Nogueira, o de Santos, Adriano Catapreta, os vereadores que integram a Comissão de Saúde, Vera Benício, Rodrigo Penasso e Francisco de Araújo Lima Junior, o Gugu Mil Grau, além de técnicos do setor da cidade santista.

A prefeita de Praia Grande, Raquel Chini, afirmou que abordará o tema com os demais chefes do Executivo das cidades da Região na reunião do Condesb (Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista), que está marcada para acontecer no próximo dia 23.

“Todos os prefeitos estão no início de seus mandatos. Nesse momento é importante também a união entre os poderes Executivo e Legislativo na busca por melhores serviços, beneficiando, desta forma, a população. Mesmo assim, é preciso ter essa ideia regional de que sua cidade vizinha não pode estar ruim, caso contrário isso atrapalhará o seu cotidiano também. Vivemos em uma Região Metropolitana e essa
mentalidade tem que ser utilizada na área da Saúde”, comentou a prefeita de Praia Grande.

Atualmente, Praia Grande e Santos figuram como referência na área da Saúde e na oferta de serviços deste setor para as demais cidades da Baixada. O secretário de Saúde Pública (Sesap) praia-grandense, Cleber Suckow Nogueira, destacou essa importância e ressaltou que o trabalho desenvolvido no Município é focado na Atenção Básica, mas sem descuidar dos outros setores.

“Praia Grande custeia com recursos próprios mais de 80% dos serviços da Saúde que estão disponíveis na Cidade. É importante o trabalho desenvolvido nos últimos anos de habilitação de determinadas unidades para obtenção de recursos estaduais e federais”, analisou o titular da Sesap.  

O secretário de Saúde de Santos, Adriano Catapreta, agradeceu a recepção, a troca de informações e elogiou o trabalho desenvolvido por Praia Grande na Atenção Básica e na Estratégia Saúde da Família (ESF). O dirigente santista reconheceu a necessidade da evolução dos serviços em toda a Baixada e ressaltou a intenção do trabalho em conjunto.

“Essa troca de conhecimento agrega valores. Precisamos unir forças para lutarmos por melhorias para nossa Região. Santos e Praia Grande serão parceiras nessa caminhada”, disse Catapreta.

Visita – Após a reunião sede na Prefeitura de Praia Grande, o grupo visitou a Unidade de Saúde da Família (Usafa) do Bairro Maracanã. A Usafa possui quatro equipes de ESF, além de funcionar também como referência para os residentes que integram os programas de Residência em Medicina de Família e Comunidade e da Multiprofissional.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Lateral do Flamengo atropela e mata ciclista em acidente

Ainda segundo a apuração da reportagem, foi o atleta quem solicitou atendimento à vítima

Automotor

Novo Mercedes-Benz Classe C: reservas já estão disponíveis

A Mercedes-Benz traz para o Brasil a sexta geração do Classe C, em duas versões AMG Line

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software