Praia Grande contará com nove novos profissionais do Mais Médicos

Os novos médicos chegarão ao Município no próximo dia 22 e passarão por um período de treinamento antes de ingressarem na rede Municipal

Comentar
Compartilhar
16 ABR 201417h27

Praia Grande ganhará nove novos profissionais do programa Mais Médicos, criado pelo Governo Federal para melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde. A Cidade tem investido cada vez mais na Atenção Básica, porta de entrada do sistema responsável pelos atendimentos primários através de consultas em Usafas e Multiclínicas e que evitam procedimentos hospitalares mais complexos. Destaque para a modernização de unidades já existentes, a construção de outros equipamentos e a informatização dos agendamentos de consultas e também procedimentos relacionados à dispensação de medicamentos.

Os novos médicos chegarão ao Município no próximo dia 22 e passarão por um período de treinamento antes de ingressarem na rede Municipal. A vinda deste grupo faz parte de mais um ciclo do programa. Praia Grande conta atualmente com 22 profissionais, nacionais e estrangeiros, oriundos do Mais Médicos que realizam atendimentos voltados à população em unidades do setor de Atenção Básica.

O Município recebeu ainda em março dois médicos do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). Somados os profissionais do Mais Médicos que já fazem parte da rede municipal e os novos que chegarão em abril, Praia Grande totalizará 33 novos médicos em seu quadro voltados ao atendimento da população.

A chegada desses profissionais é peça determinante para o aumento do número de equipes do Programa Saúde da Família e, consequentemente, uma maior oferta de serviços prestados. A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande distribuiu esses médicos em unidades que estavam sobrecarregadas, agilizando assim os atendimentos e beneficiando diretamente a população.

O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, destacou o desenvolvimento do programa Mais Médicos e agradeceu a escolha dos profissionais de atuarem na Cidade. “Sou defensor do atendimento primário e dos programas Saúde da Família e Mais Médicos. A prevenção é fundamental. Isso não se faz em um pronto-socorro ou hospital. Está sendo estabelecido um processo de retorno de acessibilidade à saúde básica. A comunidade está feliz pela vinda desses médicos”.

O secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Francisco Jaimez Gago, analisou de forma positiva a atuação desses profissionais no Município. “Com isso, começamos a desafogar o atendimento nas unidades de saúde. O Ministério da Saúde preconiza 4 mil, no máximo. O prefeito determinou a contratação de médicos para que esse número caia para 3 mil. Desta forma, a qualidade crescerá”.

Praia Grande ganhará nove novos profissionais do programa Mais Médicos (Foto: Divulgação)

Ambientação

Durante o período de treinamentos, os novos médicos serão apresentados aos protocolos municipais da saúde e do perfil social, econômico e epidemiológico local. Na última parte, já em campo, os profissionais acompanharão algumas consultas nas Usafas.

Dados

A Cidade busca reverter uma rotina que se estabeleceu ao longo dos últimos anos: o aumento dos atendimentos de emergência e a redução das consultas na atenção básica. Em 2012, um total de 24,5% dos serviços prestados foram na atenção básica, contra 63% de urgência e emergência e 11% de especialidades.

“É a inversão do sistema para que diminua o atendimento nos pronto-socorros, local onde a pessoa resolve o problema naquela situação, mas não faz o acompanhamento. Na Atenção Básica, o médico acompanha o paciente. Por exemplo, o hipertenso é acompanhado para que não tenha um acidente vascular cerebral (AVC). Isso reduz os custos hospitalares”, disse o secretário.

Novas Usafas

Nos próximos anos, Praia Grande ganhará seis novas Usafas. Mourão, já assinou algumas ordens de serviço direcionando os esforços municipais para a instalação dos equipamentos em vários bairros. Todos os trabalhos estão sendo coordenados pela Sesap.

No último dia 19 de janeiro, data que marcou o 47° aniversário de emancipação político-administrativa da Cidade, ocorreu a inauguração da Usafa do Bairro Esmeralda. A unidade beneficia cerca de 15 mil pessoas residentes naquela região do Município. O investimento para a obra foi de R$ 718 mil. A liberação do recurso, pelo Ministério da Saúde, ocorreu por conta de uma solicitação de Mourão, quando ainda exercia o mandato de deputado federal.