Praça amanhece tomada por lixo e garrafas de bebidas em Santos

Segundo moradores, local é muito frequentado por jovens

Comentar
Compartilhar
17 MAI 2021Por Vanessa Pimentel11h30
Nos comentários, além das críticas ao comportamento dos grupos, as pessoas destacaram o risco de aglomeração durante a pandemia e cobraram por ações da GCM)Nos comentários, além das críticas ao comportamento dos grupos, as pessoas destacaram o risco de aglomeração durante a pandemia e cobraram por ações da GCM)Foto: DIVULGAÇÃO/GRUPO VIVER EM SANTOS

A Praça Almirante Gago Coutinho, na Ponta da Praia, em Santos, amanheceu tomada por lixo e garrafas de bebidas no último sábado (15). 

Um munícipe compartilhou imagens do local em uma rede social onde é possível ver muitas sacolas, garrafas de bebidas alcoólicas e copos plásticos deixados por frequentadores da praça que se reúnem durante a noite. Segundo moradores do entorno, a maioria é jovem e fica por ali até de madrugada.

Nos comentários, além das críticas ao comportamento dos grupos, as pessoas destacaram o risco de aglomeração durante a pandemia e cobraram por ações de fiscalização da Guarda Civil Municipal (GCM). 

O DL questionou a prefeitura de Santos, que informou que a Guarda Civil Municipal (GCM) monitora (24h) os 7 km da orla da praia e os demais pontos de grande fluxo de pessoas na Cidade, entre eles a Praça Almirante Gago Coutinho. Frisou, ainda, que o monitoramento é dinâmico e que a população pode colaborar denunciando irregularidades pelos telefones 153 (GCM), 162 (Ouvidoria) e 190 (PM).

Quanto a limpeza do local, assim como a de toda a Cidade é realizada diariamente pelas equipes da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) e, pelo Código de Posturas do Município, o descarte irregular de lixo prevê multa a partir de R$500,00.

A Prefeitura destaca, ainda, que a Praça Gago Coutinho e todo o entorno do Santos Convention Center continuam sendo espaços públicos, nos quais a GCM seguirá atuando.