Pouso de emergência deixa 29 feridos na Arábia Saudita

O avião havia partido de Mashhad, a segunda maior cidade do Irã, com 315 pessoas a bordo, disse o porta-voz da Autoridade Geral de Aviação Civil, Khalid al-Khaybari

Comentar
Compartilhar
05 JAN 201411h22

Um Boeing 767 da Saudia Airlines fez um pouso de emergência na cidade de Medina neste domingo, deixando 29 feridos, informaram a companhia e a autoridade de aviação do país.

O avião havia partido de Mashhad, a segunda maior cidade do Irã, com 315 pessoas a bordo, disse o porta-voz da Autoridade Geral de Aviação Civil, Khalid al-Khaybari, à France Press.

Das 29 pessoas feridas, 12 foram levadas ao hospital, das quais "três estão em condição instável", informou a Saudia em comunicado.

As demais receberam atendimento no aeroporto, que foi fechado por 24 horas. O Boeing 767 era usado para viagens de peregrinos, afirmou a companhia aérea, acrescentando que havia 299 passageiros e 16 tripulantes a bordo. Khaybari disse em comunicado que o trem de pouso traseiro do lado direito não baixou, o que fez com que o capitão decidisse pelo pouso de emergência.

Imagens divulgadas na internet mostram o avião deixando um rastro de chamas ao longo da pista.