População aprova desfile cívico-militar de Guarujá

Festival de cores e aplausos marcaram o mais completo desfile de Semana da Pátria na Região

Comentar
Compartilhar
08 SET 201418h20

A população de Guarujá aprovou o desfile cívico-militar realizado no último sábado (6), na Avenida Santos Dumont, em Vicente de Carvalho. Um festival de cores e aplausos marcaram a passagem dos 50 grupos entre escolas, centros comunitários, entidades assistenciais e setores da Prefeitura de Guarujá.

As corporações militares vestiram e suaram a camisa de suas instituições, adentrando uma das mais importantes vias do Município em homenagem ao Dia da Independência do Brasil — 7 de setembro. O sol forte da manhã de sábado não foi empecilho para a comunidade, que lotou a avenida para assistir ao desfile, aprovando a atração com elogios à organização do evento. Cerca de 5 mil pessoas prestigiaram o evento em clima de descontração e alegria.

Organizado pela Prefeitura de Guarujá em parceria com as Forças Armadas, o evento contou com a participação, além das escolas, entidades de Guarujá e a Guarda Municipal (com todo aparato como carros e bicicletas), com desfile do Exército (com militares e grupamento de transporte), Marinha, Polícia Militar (com cavalaria, rodoviário e ostensivo) e Corpo de Bombeiros com o três Sub Grupamento de São Vicente.

A solenidade teve início com o hasteamento do Pavilhão Nacional e das bandeiras do Estado de São Paulo e Guarujá. E o encerramento contou com o desfile irreverente dos motociclistas do Moto Club Piratas da Ilha.

A prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, saudou a todos pontuando que o desfile vêm crescendo a cada ano. “Buscamos sempre oferecer o melhor para a população e acredito que o nosso desfile está entre os melhores da região. Estamos aqui para aplaudir todas as escolas, centros comunitários, entidades e as Forças Armadas”, salientou.

O evento foi prestigiado pelo General de Brigada João Chalella Júnior, comandante da 1ª Brigada de Artilharia Anti Aérea; tenente Coronel Guimarães, chefe da 2ª Secção da 1ª Brigada de Artilharia Anti Aérea; Major PM Rogério Silva Pedro, comandante do 21º Batalhão de Polícia Militar; Major Aviador Olympio de Carvalho Mendes, Comandante Núcleo Base Aérea de Santos; Tenente Coronel PM José Messina Filho, Chefe de Estado Maior Comando de Policiamento de Interior 6; Major PM Diniz Filho, Comandante Grupamento de Bombeiros Marítimos; Major PM João Soares da Costa Vieira, sub Comandante do 3º Batalhão de Policiamento Ambiental entre demais oficiais, além de secretários municipais, vereadores e representantes da sociedade.

As comemorações da Semana da Pátria em Guarujá tiveram início no último dia 1º, com o hasteamento do pavilhão nacional na Praça das Bandeiras, em Pitangueiras. No dia 2, foi realizado o desfile com treze escolas no bairro Perequê. No sábado (6), o desfile cívico-militar ocorreu na Avenida Santos Dumont, em Vicente de Carvalho, e a programação se encerrou no domingo (7), com ao arriamento do pavilhão nacional, na Praça das Bandeiras.

A população de Guarujá aprovou o desfile cívico-militar realizado no sábado (Foto: Divulgação/PMG)

Público

A aposentada Marli Jesus Monteiro Iglesias, disse que todos os anos prestigia o desfile, mas que este ano estava diferente. “Eu trouxe minha filha Flavia de 10 anos, para ver os amiguinhos desfilar. Surpreendeu-me a organização e o desfile de um modo geral”, contou.

Para as irmãs Maria Ângela da Silva Bastos e Maria Cristina da Silva Bastos, que todos os anos costumam assistir o desfile, desta vez, sentiram uma emoção diferente. “Ver as bailarinas de uma associação desfilando e dançando na Avenida foi uma atração à parte”, disse Maria Ângela.

O açougueiro aposentando Severino Soares também destacou a organização deste ano. “O desfile foi ótimo, animado e muito bem organizado, tanto para o público quanto para os grupos que se apresentaram”, disse.

Quem comemorou também foram às pessoas com deficiência. “Este ano foi reservado para nós um espaço muito melhor. Um mini palanque, com cobertura e num local estratégico onde pudemos acompanhar o desfile com segurança e qualidade”, contou a coordenadora da Casa de Acolhimento Feminino de Guarujá, Marta Otília Leão.