X

Cotidiano

Policlínica da Penha inscreve para programa contra tabagismo

O programa propõe o atendimento e acompanhamento em grupo pela equipe multiprofissional da unidade durante três meses

Da Reportagem

Publicado em 26/09/2018 às 18:20

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Quem mora no Morro da Penha e quer parar de fumar tem uma grande oportunidade / Divulgação/PMS

Quem mora no Morro da Penha e quer parar de fumar tem uma grande oportunidade: a policlínica do bairro (Rua Três, 150) está inscrevendo os interessados em participar do novo grupo do Programa Intensivo de Atenção ao Tabagista, que inicia nesta sexta-feira (28), às 14h.

O programa propõe o atendimento e acompanhamento em grupo pela equipe multiprofissional da unidade durante três meses. São ensinadas técnicas como exercícios de respiração contra o estresse, orientação sobre atividades físicas e alimentação. Conforme prescrição médica, pode ser necessário tratamento de reposição de nicotina (adesivos e goma de mascar) e medicação.

Monoxímetro

No primeiro dia de grupo, os participantes passam por um teste no monoxímetro, aparelho que mede as concentrações de gás carbônico em partículas por milhão (ppm). Os resultados aparecem no visor e luzes se acendem após um sopro no bocal descartável do aparelho.

Não fumantes atingem índices de 0 a 6 ppm e luzes verdes se acendem, fumantes leves de 7 a 10 ppm, com luzes amarelas; fumantes de 11-20 ppm, com luzes vermelhas; acima de 20 ppm – fumante pesado, com luzes vermelhas e disparo de sinal sonoro. Quanto maior a concentração de monóxido de carbono, maior a dependência do cigarro e de riscos de doenças associadas ao tabagismo.

"O monoxímetro é usado novamente após três meses, de forma aos participantes perceberem de forma concreta os benefícios da diminuição ou cessação do uso do cigarro", destaca Renato Aparecido Dutra Matos, coordenador do programa.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Negou

Ex-prefeito Bili garante que não houve dolo e que vai recorrer de decisão

O juiz Leonardo de Mello Gonçalves, da Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), condenou o ex-prefeito Luis Cláudio Bili Lins da Silva por improbidade administrativa e dano ao erário

Itanhaém

Vamos ajudar? Banco de leite materno de Itanhaém precisa de doações

O alimento pode ser compartilhado para ajudar a salvar a vida de diversos bebês na UTI Neonatal

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter