Polícia vai investigar boataria no incêndio da Alemoa

Os responsáveis pelos anúncios e mensagem falsas serão responsabilizados criminalmente por pretenderem causar tumulto durante a operação de combate ao fogo

Comentar
Compartilhar
06 ABR 201513h05

A Secretaria de Segurança Pública, que compõe o Gabinete de Integração, instituído pelo Governo do Estado irá auxiliar no gerenciamento dos reflexos do incêndio que, desde 2 de abril do corrente ano, acomete, agora com menor intensidade, tanques de combustível da Ultracargo, localizados na Alemoa.

O Secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, determinou, por intermédio da Polícia Civil, a instauração de investigação para apurar a autoria de diversos boatos criminosos lançados nas redes sociais sem base técnica e que buscam desinformar a população.

Incêndio teve início na quinta-feira (2) (Foto: Luiz Torres/DL)

Os responsáveis pelos anúncios e mensagem falsas serão responsabilizados criminalmente por pretenderem causar tumulto durante a operação de combate ao fogo. 

Da mesma maneira, a Polícia Civil investigará rapidamente as causas do acidente para que essa situação não se repita.